Uma edição que vale por 12. A publicação destaca análises anuais dos principais setores da pecuária brasileira.

Informação com credibilidade há 17 anos!

LEITE E CIA

Notícias e destaques do setor leiteiro

Produtividade de respeito

Os números da Fazenda Colorado, localizada em Araras/SP, na produção de leite são fantásticos. Com cerca de 900 vacas holandesas em lactação, a propriedade de Lair Antonio de Souza (na foto, à esq.) produz diariamente cerca de 34 mil litros. Ou seja: produtividade média/dia por fêmea de 38 litros, simplesmente uma das mais elevadas do Brasil. Neste trabalho, genética de qualidade, sanidade a toda prova, alimentação balanceada e manejo correto atuam em conjunto. Tudo isso, no entanto, depende da eficiência do sistema de ordenha e gerenciamento do rebanho. A Fazenda Colorado utiliza o sistema de ordenha paralela Magnum 90i, da WestfaliaSurge. O equipamento tem capacidade para ordenhar 40 vacas simultaneamente. A empresa também fornece o sistema de gerenciamento de rebanhos Dairy Plan C21, com detecção de cio a cada duas horas. Em recente visita ao Brasil, o presidente mundial da WestfaliaSurge, Holger Heirich (à direita), foi conhecer de perto o trabalho da Colorado, ao lado do diretor financeiro do grupo, Joern Pulczynski, e do presidente da WestfaliaSurge nos Estados Unidos, Dirk Hejnal.

Irmã de Campeã

A Rio Vale Agronegócios incluiu mais um ícone do Gir Leiteiro no seu plantel com a aquisição da novilha Estirpe TE Silvania (foto), irmã própria de Estância, Campeã Fêmea Jovem e Melhor Úbere Jovem na 9ª Exposição Nacional do Gir Leiteiro 2007, realizada durante a Feileite. Ela é também irmã paterna de Urbe, Grande Campeã do Concurso Leiteiro da Expozebu/2005. A nova estrela da Rio Vale - adquirida no concorrido Leilão da Estância Silvania - tem em seu pedigree 8 touros provados e 3 recordistas de produção. Estirpe é filha do provado Paraíso da Silvania e da BiCampeã Nacional, Unidade TE Silvania, uma lenda do criatório de Eduardo Falcão - sete vezes campeão nacional. Estirpe está com prenhez positiva do Campeão Júnior Expozebu 2006, Dom TE Silvania.

Motivo para comemorar

O criador alemão Robert Schuberth, membro do núcleo de criadores de Fleckvieh (Simental) da Francônia Superior, comemorou a premiação de duas vacas do seu rebanho pela produção de 100 mil litros de leite. Dorissa (à direita) alcançou 16.877 kg na 3ª lactação e produziu uma média de 41,2 kg de leite. Haui fechou a lactação de 2006 com 14.897 kg. As 100 vacas do rebanho do produtor produziram no ano passado 8.811 kg de leite.

Médica premiada

Produtores de leite de todos os portes e em todo o mundo se beneficiarão da técnica desenvolvida pela médica veterinária Mara Saalfeldt, da Emater/RS-Ascar, uma descoberta inédita que recebeu o Prêmio Tecnologia Social da Fundação Banco do Brasil, no dia 12 de novembro. É o projeto Tecnologia Silagem de Colostro, trabalho finalista na categoria Geográfica Sul. A descoberta da especialista comprovou que o colostro pode ser engarrafado em garrafas PET, bem fechadas, sem ar, e guardado no galpão para fermentação. Após 21 dias, feita a adição de igual quantidade de água ao colostro, o produto é usado como substituto do leite. Um aproveitamento simples que significa economia de R$ 120 ao produtor por bezerra criada. Na comparação com a venda do leite, o produtor precisa vender mil litros para poder registrar igual lucro.

Israel no Brasil

Os dirigentes da gaúcha Sulinox, Leandro Einsfeld e Norberto Viégas, visitaram Israel para conhecer as instalações da futura parceira, Afikim – empresa que oferece soluções para o gerenciamento de rebanhos em fazendas produtoras de leite. Com o novo negócio, a empresa de ordenhadeiras Sulinox passará a representar comercialmente a israelense no Brasil. Trata-se de um sistema de controle e gerenciamento de rebanho que capta automaticamente, entre uma ordenha e outra, informações sobre a saúde e desempenho de cada animal. O sistema, de alta tecnologia, será comercializado pelas 450 revendas Sulinox autorizadas em todo o Brasil. Segundo Einsfeld, a Sulinox percebeu o excelente momento que o setor leiteiro está vivendo e partiu para vôos mais altos. “Buscamos uma nova fatia de mercado, que é o grande produtor. A parceria irá proporcionar um upgrade na nossa linha de equipamentos, vamos competir com marcas de padrão internacional”, conclui ele.