Uma edição que vale por 12. A publicação destaca análises anuais dos principais setores da pecuária brasileira.

Informação com credibilidade há 17 anos!

Abate de Bovinos

Frigoríficos saem das compras em 2017

Além das fêmeas, uma parcela a mais de machos que não foram confinados pelas incertezas de 2017 também deve chegar ao gancho até o final da safra, entre abril e maio de 2018

Hyberville Paulo D’Athayde Neto*

Após anos de crise, 2017 começou com a expectativa de ser um ano calmo para a pecuária, com maior oferta de bovinos para abate, e possivelmente com um consumo de carne bovina em recuperação.

Mas faltou combinar com os russos. Ou melhor, faltou combinar com todo mundo, porque a quantidade de pancadas que a pecuária recebeu em 2017 foi impressionante, mesmo para um País que sofrera com surtos de aftosa (2005) e frigoríficos quebrando (2009), entre outras mazelas.

TURBULÊNCIA

A operação Carne Fraca, deflagrada em março de 2017, desencadeou uma forte pressão de baixa pelos frigoríficos, devido às dúvidas quanto à demanda internacional, e mesmo doméstica. Obviamente, também houve oportunismo e os preços foram profundamente pressionados.

Esse fato pode ser avaliado pela margem de comercialização da indústria, que, apesar dos percalços, trabalhou em patamares historicamente interessantes. Entre março e junho de 2017, por exemplo, frigoríficos que desossam trabalharam com margem de comercialização de 29,2% (Equivalente Scot Desossa), valor 10,8 pontos percentuais acima da média histórica, cujo percentual é de 18,4%, considerando o período desde meados de 2007.

De toda forma, o mercado sentiu. Frigoríficos saíram das compras, as cotações do boi gordo cederam e muitos produtores deixaram de vender, à espera de preços melhores.

Com isso, o abate de bovinos caiu 15,4% em abril de 2017, frente ao mesmo mês de 2016. Foi a maior queda para o abate em um mês, na comparação ano a ano, desde abril de 2009. Veja a figura 1.

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante desta revista, clique Aqui e Assine Agora!