Uma edição que vale por 12. A publicação destaca análises anuais dos principais setores da pecuária brasileira.

Informação com credibilidade há 17 anos!

Notícias do Devon

Devon encerra 2011 comemorando conquistas

Para a Associação Brasileira de Criadores de Devon (ABCD), 2011 foi um período de consolidação e crescimento da raça no Rio Grande do Sul e no Brasil. No balanço do ano, a entidade contabiliza o sucesso na realização de seus eventos, com destaque para a participação na Expointer, que teve a primeira edição do prêmio Jovem Expositor e a participação no programa Vitrine da Carne Gaúcha da Farsul. Outros pontos positivos foram a Convenção Nacional de Criadores em São Borja (RS) e o aumento no número de associados. Essas ações ajudaram a fomentar a raça como produtora de carne de qualidade.

“Um dos objetivos para 2011 era o de divulgar e valorizar o Devon, buscando cada vez mais criadores para o nosso produto. Após essas conquistas, pretendemos dar continuidade às ações inovadoras que fizemos neste ano, para continuarmos crescendo”, explica Adelar Santarem, presidente da ABCD. “Já está confirmado, inclusive, que teremos novamente o Prêmio Jovem Expositor na Expointer 2012”, completa.

Em 2011, a Associação inovou ao lançar a premiação em dinheiro aos jovens expositores na Expointer. Ainda dentro da feira, a raça ganhou, novamente, o título de animal mais pesado, conquistado por um touro Devon (São Valentim 1440, pertencente à Cabanha Santa Lúcia, de André da Rocha, com 1.300 quilos). Outro destaque da Expointer foi o leilão Top Devon, que obteve faturamento de R$ 151,42 mil com a venda de 30 animais, resultado 9,14% superior ao do ano passado.

Realizada em julho, a Convenção Nacional de Criadores transformou São Borja (Noroeste do RS) na capital do Devon no Brasil. Criadores de diferentes pontos do crescenpaís reuniram-se para debater os assuntos pertinentes à evolução da raça e do manejo. “Esse evento foi um exemplo claro da disseminação da raça e do maior interesse na criação no Brasil. Temos que divulgar cada vez mais as qualidades da carne Devon, que não perde em nada para as outras raças britânicas”, afirma Cláudio Ribeiro, diretor da ABCD.

Perfil Criadores Devon

Paixão pela terra desde o nascimento

Um economista por formação e um pecuarista por vocação. Assim definese Reinaldo Cherubini Filho, 56 anos de vida dedicados ao campo e à raça Devon. Formado em Ciências Políticas e Econômicas pela PUC-RS, Reinaldo hoje reside e comanda a Fazenda Santo Antônio, de 800 hectares, localizada em Guabijú (RS).

Ele tem sua história atrelada ao início da criação de Devon no RS. Foi seu pai, Reinaldo Cherubini, um dos pioneiros no estado a introduzir a raça na região fria da Serra gaúcha, no ano de 1947. “Meu pai me deixou como herança um grande amor e respeito pela terra e pela raça Devon, da qual ele foi referência”, relembra Reinaldo.

Por esses motivos, a paixão pelo Devon vem de berço. Em 1984, iniciou sua criação na Fazenda Santo Antônio. “Que a raça Devon é leiteira, maternal e que possui uma carne extremamente saborosa, todo mundo sabe. É a precocidade seu grande diferencial, tanto reprodutivo quanto de acabamento”, afirma.

Ao longo dos anos, o trabalho de Reinaldo já acumulou prêmios na Expointer (Grandes Campeonatos em 2000 e 2004), um Prêmio The Best como melhor criador de Devon (2000) e diversas edições do troféu rotativo Reinaldo Cherubini promovido na região dos Campos de Cima da Serra. Reinaldo já foi presidente da Associação Brasileira de Criadores de Devon (ABCD), do Grupo Devon Brasil e do Núcleo de Criadores de Devon dos Campos de Cima da Serra. Natural de Nova Prata (RS), Reinaldo é casado com Mara Lúcia Cherubini, pai de Daniel, Fabiana e Reinaldo Neto e avô de Valentina, Martin e Helena, que também herdaram dele e do bisavô a paixão pelo campo.