A Granja do Ano – 34 anos da melhor prestação de informações e serviços ao profissional do campo.

Radiografia das principais atividades agrícolas, relação de instituições e empresas do agronegócio brasileiro.

Suínos

Mercado difícil de encarar

Suínos

Soja e milho com bons preços representam custos mais altos ao segmento. E ainda tem o embargo russo, que aumentou a oferta doméstica de carne e, naturalmente, derrubou as cotações. Em resumo, a margem do suinocultor despencou. Só a abertura de novos mercados ajuda

Leonardo Gottems

O Brasil manteve, em 2018, o quarto lugar entre os maiores produtores e exportadores mundiais de carne suína, vendendo para mais de 70 mercados e dominando 9% dos embarques mundiais. Os dados são do presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, salientando que eles ressaltam a importância do mercado de carne de suíno para a economia nacional e mundial. No entanto, ele afirma que, em junho de 2018, a suinocultura sofreu uma queda de 44,9% no volume de exportações e registrou uma baixa de 59% nas receitas das vendas externas em relação ao mesmo período de 2017. Segundo o presidente da ABPA, vários fatores internos e externos estão afetando todo o mercado de proteína animal brasileiro.

Nesse cenário, Francielmir Machado, diretor técnico da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), explica que o setor passa por uma fase muito delicada em um cenário muito instável. Para ele, os principais fatores que influenciam esse momento são o embargo do mercado russo, que ocorreu em 2017 e fez com que a produção brasileira ficasse retida no mercado interno, causando, consequentemente, uma baixa no preço. Isso, somado ao alto custo dos insumos, acabou por reduzir as possibilidades de margem de lucro na atividade.

Quanto aos insumos, os pesquisadores da Embrapa Suínos e Aves Dirceu Talamini, Jonas dos Santos Filho e Franco Martins dizem que os materiais utilizados nas rações tiveram significativa...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante desta revista, clique Aqui e Assine Agora!