A Granja do Ano – 34 anos da melhor prestação de informações e serviços ao profissional do campo.

Radiografia das principais atividades agrícolas, relação de instituições e empresas do agronegócio brasileiro.

Leite

Azedou junto com a economia

Leite

Os problemas econômicos do País têm influenciado negativamente o consumo de lácteos. Até houve um crescimento da produção em 2017, após dois anos em queda, mas, em 2018, a retomada arrefeceu. Além disso, a média dos preços pagos ao produtor de janeiro a maio de 2018 caiu 14% ante o mesmo período do ano anterior

Leonardo Gottems

As incertezas motivadas pela crise econômica e política que se instaurou no País nos últimos anos vêm atingindo em cheio os setores produtivos do Brasil, entre eles, mais sensivelmente, a cadeia leiteira nacional. De acordo com o presidente do Sindicato da Indústria de Laticínios e Produtos Derivados (Sindilat), Alexandre Guerra, o setor lácteo brasileiro viveu o pior semestre dos últimos anos nos primeiros seis meses de 2018. Segundo o especialista em socioeconomia do setor de gado de leite da Embrapa, Denis Rocha, a produção de leite inspecionado voltou a crescer em 2017 depois de dois anos consecutivos de queda. Contudo, essa retomada da produção já começa a mostrar sinais de fraqueza em 2018, com a redução do ritmo de crescimento no primeiro trimestre na comparação com o mesmo trimestre de 2017.

Nesse cenário, Rodrigo Alvim, presidente da Comissão Nacional de Pecuária de Leite da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), explica que as sucessivas quedas no preço do leite no segundo semestre de 2017, quando se atingiu o pico de produção em dezembro, acabaram por causar um excedente na oferta. No entanto, ao mesmo tempo, os custos de produção da pecuária leiteira seguiram em alta por seis meses consecutivos, o que resultou na baixa rentabilidade da atividade leiteira nos últimos 12 meses, até julho de 2018. Além disso, Alvim lembra que a variação constante de preço t...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante desta revista, clique Aqui e Assine Agora!