A Granja do Ano – 33 anos da melhor prestação de informações e serviços ao profissional do campo.

Radiografia das principais atividades agrícolas, relação de instituições e empresas do agronegócio brasileiro.

Sementes

GENÉTICA que impulsiona a produção

Há mais de 40 anos, a DuPont Pioneer trabalha para desenvolver sementes adaptadas e produtivas para o campo brasileiro

A Granja do Ano - De que formas o trabalho da DuPont Pioneer contribui para que os produtores brasileiros conquistem aumento de produtividade nas suas lavouras?

Jair A. Swarowsky - Em 2015, a DuPont Pioneer completa 43 anos de história no País. No início da sua operação, na década de 1970, a agricultura tinha outra característica no Brasil, com produtividades baixas e incertas. Já nos dias atuais, observamos um grande avanço trazido pela adoção de tecnologias. A DuPont Pioneer acompanhou essas mudanças e, mais do que isso, foi uma das protagonistas desse cenário.

A empresa desenvolveu híbridos e cultivares mais estáveis, adaptadas e, sobretudo, mais produtivas para atender as necessidades do agricultor. Isso foi possível pelo trabalho em melhoramento genético e pela proximidade da DuPont Pioneer com o agricultor. O futuro nos reserva grandes desafios e estamos prontos a atendê-los com altos investimentos e avanços em pesquisa, base genética superior e transferência de informações consistentes e de qualidade para o campo.

Jair A. Swarowsky é vice-presidente da DuPont Pioneer

Quais são as mais recentes demandas dos produtores quando falamos em sementes?

Diante da complexidade do setor agrícola, produtores brasileiros buscam maximizar a produtividade aliando a redução dos custos com a utilização eficiente dos recursos. Entre as principais tendências, destaca-se a utilização de sementes de ciclo precoce e superprecoce para soja e para milho. Os principais benefícios são: menor tempo de exposição das plantas às doenças e pragas com consequente redução das aplicações de defensivos, colheitas antecipadas aos períodos de chuva e o cultivo de duas safras em um único ano.

Ávido por novas tecnologias e práticas agronômicas que incrementem sua produção, o agricultor espera agora uma nova onda de produtos e práticas que possam revolucionar o seu negócio e sua forma de trabalhar. Segundo institutos de pesquisa, o cultivo de milho e soja transgênicos ultrapassou 80% da área plantada no Brasil e trouxe uma considerável redução dos custos de aplicação de defensivos, maior controle de pragas-alvo, facilidade no manejo de plantas daninhas e incrementou a produtividade.

Uma grande oportunidade para a agricultura brasileira é a melhoria na área de serviços. Em um futuro breve, o agricultor saberá o que está acontecendo em sua propriedade em tempo real na tela de um tablet ou smartphone.

Para o produtor, qual é a importância do investimento em sementes certificadas?

A qualidade da semente é o primeiro passo para se alcançar altas produtividades. Qualidade essa que se expressa pela interação de quatro componentes: genético, físico, fisiológico e sanitário. Os diferenciais do produtor que opta por investir em sementes certificadas são: origem e procedência genética - a semente certificada tem controle de gerações, o que, em conjunto com manejo adequado, é crucial para altas produtividades; padrão de qualidade garantido, seguindo certificações, análises e credenciamento do Ministério da Agricultura; garantia de certificado e nota fiscal - permite interação entre o comprador e o fornecedor; segurança - acesso a crédito e cobertura do seguro agrícola; produtividade superior; e tecnologia investimentos em pesquisas para a adaptação das sementes aos locais de plantio.

Quais são as mais recentes novidades e investimentos da empresa no Brasil e o que os produtores podem esperar para os próximos anos?

A Dupont Pioneer é a empresa de sementes que mais investe em pesquisa genética agrícola no Brasil, desenvolvendo híbridos de milho e cultivares de soja de altíssimo potencial produtivo. Para a safra 2015/ 2016 a Dupont Pioneer lançará híbridos marca Pioneer com a tecnologia Leptra de proteção contra insetos. A tecnologia Leptra, devido ao seu amplo espectro, é hoje a melhor opção para auxiliar no controle das principais lagartas que atacam a cultura do milho. Para o futuro, teremos novidades relacionadas a plantas com tolerância às doenças, às pragas e à seca, além de trazer produtos de alta adaptabilidade para as diferentes regiões do Brasil.