A Granja do Ano – 33 anos da melhor prestação de informações e serviços ao profissional do campo.

Radiografia das principais atividades agrícolas, relação de instituições e empresas do agronegócio brasileiro.

Caminhões

 

Tradição em CARREGAR riquezas

Para o agronegócio a Ford oferece caminhões com robustez, baixo custo de manutenção, economia de combustível, segurança e conforto

A Granja do Ano — Quais são os principais diferenciais dos caminhões Ford no competitivo mercado de caminhões, sobretudo em relação às necessidades dos segmentos ligados (direta e indiretamente) ao agronegócio?
Antonio Baltar —
A Ford tem uma grande tradição em caminhões no Brasil. A nossa linha de produtos atende diversas atividades, incluindo o setor agrícola, oferecendo veículos com robustez, baixo custo de manutenção, economia de combustível, segurança e conforto. Os caminhões Ford oferecem uma linha completa que tem sido destaque no agronegócio, seja para o pequeno produtor ou para as grandes empresas. Estamos presentes em todas as fases da cadeia produtiva. Somos a única marca a oferecer um caminhão como o F-4000 4x4, que permite ao produtor trafegar em locais de difícil acesso como estradas de terra e lama. Por sinal, o F-4000 é um produto muito tradicional e prestigiado junto aos produtores rurais há 40 anos.

O que o agronegócio brasileiro representa para os negócios da empresa?
A história da Ford Caminhões está intimamente ligada à evolução do agronegócio no Brasil. Desde o início das operações, a Ford Caminhões se preocupa em atender as necessidades dos produtores rurais e das empresas ligadas ao agronegócio. Um exemplo é a participação da marca no Pronaf. Somos a montadora com o maior número de modelos oferecidos nesse programa, com o F-350, F-4000, Cargo 816, Cargo 1119 e Cargo 1319. Isso mostra o nosso comprometimento e adequação à atividade do agronegócio no Brasil.

Que ações a empresa promove em diferentes segmentos do agronegócio brasileiro para divulgar seus caminhões?
Tradicionalmente a Ford Caminhões participa das principais feiras do agronegócio no País, como Show Rural Coopavel, Expodireto, Tecnoshow Comigo, Agrishow, Agrobrasília e Bahia Farm Show, para estarmos próximos dos nossos consumidores e mostrar as vantagens da nossa linha para a sua atividade. Também apoiamos ações locais dos nossos distribuidores nas respectivas regiões.

O que a empresa espera, projeta, em volume de negócios para os anos 2015 e 2016, visto às sucessivas safras recordes do campo?
Estamos bem posicionados em algumas linhas de produtos, especialmente no segmento de leves, com o lançamento do Cargo de 11 toneladas e dos modelos da Série F, além do Cargo de 8 toneladas. Somos a marca que mais ganhou participação na indústria, com 5,5 pontos percentuais a mais relação a igual período do ano passado. Mantemos uma projeção da indústria em torno de 80 mil a 90 mil caminhões em 2015. A retomada gradual da produção dependerá do sucesso da atual política econômica. Por outro lado, continuamos a investir e temos programados seis lançamentos no segundo semestre deste ano, buscando maior participação do mercado com uma oferta diferenciada.

O que mais você pode dizer quanto a relação da Ford e a agropecuária brasileira?
O Brasil é líder mundial na produção de alimentos e a agricultura familiar desempenha um papel fundamental nesse resultado. Temos muito orgulho em poder contribuir com o sucesso dos agricultores de todo o Brasil, fazendo aquilo que nos move há quase 100 anos no País: oferecer cada vez mais veículos que contribuam para o desenvolvimento social e econômico da produção agrícola brasileira.

Antonio Baltar é gerente de Vendas e Marketing Ford Caminhões