A Granja do Ano – 34 anos da melhor prestação de informações e serviços ao profissional do campo.

Radiografia das principais atividades agrícolas, relação de instituições e empresas do agronegócio brasileiro.

Picapes

 

Luxo e praticidade num só veículo

A Toyota revolucionou o segmento de picapes com o conceito de "picape robusta com o conforto de um carro de passeio"

A Granja – Quais são as principais características da nova Hilux?

Vladimir Centurião – A Toyota realiza constantes atualizações na picape Hilux para seus clientes, como as recentes introduções das motorizações a diesel e flex fuel, aumentando as opções de compra com grande variedade de preços e modelos. Ao todo, os clientes têm disponíveis 11 opções de Hilux. Suas constantes inovações reforçam o pioneirismo da Hilux no setor de picapes médias ao mesclar robustez com o conforto de um carro de passeio. É importante ressaltar, também, que a Toyota introduziu a Hilux no mercado e revolucionou o segmento de picapes com o conceito de “picape robusta com o conforto de um carro de passeio”. Posteriormente, outras marcas lançaram modelos com o mesmo conceito, seguindo a lógica implementada pela Toyota. Sempre investimos para manter a Hilux bem posicionada no mercado de picapes. Recentemente, atualizamos nosso modelo e introduzimos uma nova motorização, agora com propulsor 2.7 VVT-i Flex Fuel 16V, desenvolvida especialmente para o mercado brasileiro. O novo propulsor, comum também para a SW4, rende 163cv a 5.000 rpm quando abastecido com etanol, e 158cv a 5.000 rpm com gasolina. A nova picape Hilux Flex Fuel 2012 está à disposição em duas versões: SR cabine dupla com tração 4x2 e transmissão automática de quatro velocidades e a topo de linha SRV cabine dupla 4x4, também com transmissão automática de quatro velocidades. A Hilux, com a introdução dessas configurações, torna-se a única picape média Flex com motor quatro cilindros e transmissão automática disponível no mercado brasileiro. O torque máximo com etanol ou gasolina é de 25 kgf.m a 3.800 rpm. Além disso, colocamos itens como transmissão automática de cinco velocidades e GPS de série, por exemplo. Isso mostra que estamos atentos às necessidades dos nossos clientes, não importa a região do País.

Qual a explicação para a Hilux ter “caído no gosto” do produtor brasileiro e ser tão “popular” no campo?

A Hilux é uma picape muito robusta e potente, que atende perfeitamente às necessidades do produtor rural tanto para o uso no campo quanto na cidade. Ela é ideal para o que chamamos de uso misto.

O agronegócio brasileiro tem vivido um momento positivo, visto a cotação das commodities. Como isso tem se refletido no negócio picapes da Toyota? O que o agronegócio representa para este negócio da empresa?

O agronegócio sempre foi visto com muito carinho pela Toyota. Projetamos a Hilux para atender às necessidades desse público e, posteriormente, fomos agregando valor a ela. A Toyota Hilux é um produto versátil, reconhecido pelo homem do campo. Além disso, a Toyota tem uma penetração estratégica nas regiões do agronegócio. Das 133 concessionárias no Brasil, 50% delas estão localizadas nos principais mercados agrícolas.

A Toyota foi eleita pelo segundo ano consecutivo a “a empresa mais verde do mundo”. Que premiação é esta? O que isso significa? E o que a empresa faz em prol da sustentabilidade?

A Toyota foi eleita pela Interbrand, maior consultoria em gestão de marca do mundo, a marca mais verde do mundo pelo segundo ano consecutivo. Conseguimos o resultado vencendo 50 concorrentes de grande porte, o que prova nosso compromisso com o meio ambiente. Investimos muito em produtos ambientalmente corretos. O melhor exemplo disso é o Prius, veículo híbrido mais vendido do mundo e que chega ao Brasil já nesse segundo semestre. Desde seu lançamento, em 1997, cerca de 2,7 milhões de unidades já foram vendidas. Se contarmos toda a gama de híbridos da Toyota, já vendemos mais de 4 milhões de unidades, o que, certamente, reduziu muito a emissão de poluentes na atmosfera.

Vladimir Centurião é gerente geral de operações de vendas da Toyota do Brasil