A Granja do Ano – 34 anos da melhor prestação de informações e serviços ao profissional do campo.

Radiografia das principais atividades agrícolas, relação de instituições e empresas do agronegócio brasileiro.

Destaques 2011 Soja

Majestade em soja e em sustentabilidade

Grupo André Maggi, o "Rei da Soja", obteve a certificação Round Table on Responsible Soy e planeja para que as fazendas tenham ISO 14001

Nome da empresa: Grupo André Maggi
Sede: Rondonópolis/MT
Número de fazendas:12 (soja, milho e algodão)
Área de soja 2010/11: 127.776 hectares
Produção e produtividade de soja 2010/11: 413.501 toneladas e produtividade de 54,03 sacas/hectare
Previsão de produção: 415 mil toneladas
Área total cultivada pelo Grupo: 207.483 hectares
Faturamento bruto em 2010: US$ 3,1 bilhões

A Granja do Ano — Qual é o Faturamento bruto em 2010: US$ 3,1 bilhões planejamento do Grupo André Maggi para a soja na safra 2011/ 2012? Ampliação ou diminuição de área? Por que esta tomada de decisão?

Itamar Locks — O Grupo André Maggi, por meio de sua Divisão Agro, pretende ampliar a sua produção de soja na safra 2011/ 2012 através de técnicas modernas de agricultura que permitem maior produtividade por hectare em suas propriedades. A decisão vai ao encontro da demanda do mercado, que se encontra aquecida. A área de soja em 2010/11 foi de 127.776 hectares, enquanto a produção atingiu 413.501 toneladas, uma produtividade média de 54,03 sacas/ hectare. O Grupo André Maggi tem uma área total cultivada de soja, milho e algodão de 207.483 hectares.

E quais são as expectativas da empresa para a rentabilidade da oleaginosa na safra de verão 2011/12? Por quê?

A expectativa é por uma melhora do quadro em relação à safra passada, o que também denota uma previsão de aquecimento do mercado.

Quais são as perspectivas da empresa para a safra 2011/1012 como um todo, visto o momento de cotações em alta pelo qual passa o agronegócio brasileiro e mundial?

O Grupo André Maggi tem como perspectiva de futuro seguir crescendo de forma sustentável, de maneira a estar presente em todas as regiões produtoras de soja no Brasil. Para tanto, está atenta às demandas do mercado, à preservação dos recursos naturais e à busca de melhorias para as comunidades onde está presente.

Quais são as iniciativas referentes à sustentabilidade ambiental e social desenvolvidas pelo Grupo André Maggi?

Para a Divisão Agro, tão importante quanto atingir índices de produção e produtividade é a adoção de métodos modernos que preservem o meio ambiente. Já em 2007, a Fazenda Tucunaré tornouse a primeira fazenda de soja do Brasil a ser certificada com a ISO 14001. Em 2010, essa conquista foi estendida à Fazenda Tanguro, uma de suas principais unidades produtivas. O objetivo é que nos próximos cinco anos todas as fazendas do Grupo André Maggi estejam certificadas com a ISO 14001. Ainda em 2010, o Grupo tornou-se a primeira empresa do embalagens, o que está permitindo a geração de menos resíduos sólidos no meio ambiente.

O que significa para a empresa a recente obtenção da certificação Round Table on Responsible Soy (RTRS)?

Para o Grupo André Maggi, as certificações são um importante atestado de confiabilidade, o que garante aos clientes que estão recebendo um produto responsável, cada vez melhor no que diz respeito às questões agrícolas, ambientais e sociais. O certificado da RTRS é mais uma conquista, que confirma o nosso compromisso com uma produção responsável e que melhore a vida de todos. Essa é uma conquista de todos os colaboradores do Grupo, que fazem a nossa produção ser responsável em todas as ações do dia a dia.

Itamar Locks, diretor presidente da Divisão Agro do Grupo André Maggi