União que faz a armazenagem

No Extremo-Oeste do Paraná, um grupo de 18 produtores resolveu unir esforços para suprir o déficit de armazenagem na região e conquistar melhores condições na hora da comercialização da safra. Assim, no município de Mercedes, foi inaugurada em julho a estrutura do condomínio Agro Novo Rumo, com capacidade para o armazenamento e beneficiamento de quase 300 mil sacas de grãos.

Quem conta a história na edição de setembro da revista A Granja é o produtor Antonio Moiseis Zanelato (em pé, de óculos), um dos associados do condomínio que é resultado de um investimento de R$ 15 milhões. Segundo ele, além de favorecer os negócios dos próprios investidores, o complexo de armazéns presta serviços para terceiros e já tem inclusive contratos agendados para a safra 2018/19.

Na entrevista na seção O Segredo de Quem Faz, ele relata: “A ideia do condomínio é se auto pagar. Por enquanto, ainda estamos tirando dinheiro do bolso, mas é na diferença de preço pago pela produção que percebemos a maior vantagem. Por exemplo, venderíamos o milho a R$ 31 a saca para uma cooperativa. Mas vendendo diretamente, conseguimos preço de R$ 36”.

Data: 12/09/2018
Fonte: A Granja

Últimas notícias