Milho: uma história de sucesso da civilização

Em comemoração ao 73º aniversário d’A Granja, a edição de janeiro é especial, dedicada quase que exclusivamente ao milho. Entre as muitas abordagens sobre o cereal, artigo da Embrapa Milho e Sorgo destacou a evolução técnica, tecnológica e genética da cultura. “A cultura do milho é um caso de sucesso que se confunde com a própria história da civilização humana. Desde sua origem no México, há 9 mil anos, até os dias atuais, o milho galgou degraus para angariar o status de cultura agrícola mais importante do mundo, sendo a única a ter ultrapassado a marca de 1 bilhão de toneladas produzidas anualmente”, explicou o autor do artigo, o pesquisador Rubens Augusto de Miranda.

O texto ressalta que a produção global de milho passou de 205 milhões de toneladas na safra 1961/62 para 1,074 bilhão na safra 2016/17, aumento superior a 400% em pouco mais de meio século. “A principal razão da produção mundial de milho ter quintuplicado no período de 57 anos se deve a pesquisas, investimentos e difusão de tecnologias no campo”, justifica. “A ampliação da área plantada teve um papel importante no aumento da produção, ao passar de 105,5 milhões de hectares para 185,5 milhões de hectares, uma adição de 75,7%, mas foram os acréscimos na produtividade, principalmente, que alçaram o milho ao novo patamar. A produtividade média por hectare passou de 1,94 toneladas em 1961/62 para 5,79 toneladas em 2016/17, representando um acréscimo de quase 200%”.

E o texto aborda as mudanças a que o milho foi submetido, como a revolução biotecnológica a partir dos anos 1990. “As sementes GM começaram a ser produzidas em escala comercial, pela primeira vez, em 1996, nos Estados Unidos. Segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), a nova tecnologia na cultura do milho foi rapidamente adotada por duas razões básicas: 1) a possibilidade de aumentar os rendimentos pelo maior controle de pragas; e 2) a diminuição com os custos com defensivos. Pode-se adicionar também a essas duas razões a praticidade do controle de insetos-praga e plantas daninhas da nova tecnologia, algo fundamental na visão de muitos produtores”, lista.


Clique aqui e acesse a matéria completa.

Data: 11/01/2018
Fonte: A Granja

Últimas notícias