Soja: elevada projeção de exportação em 2017/18 e mantida 2018/19

As exportações de soja do Brasil deverão totalizar 67 milhões de toneladas no ano comercial 2018/19 – de fevereiro de 2018 a janeiro de 2019 -, 2% abaixo do estimado em 2017/18, de 68,5 milhões de toneladas. A previsão faz parte do quadro de oferta e demanda brasileiro, divulgado por Safras & Mercado. Com o ritmo acima do esperado dos embarques no final de 2017, Safras elevou a sua estimativa para a temporada 2017/18, passando de 66,75 milhões, projetados em outubro, para 68,5 milhões de toneladas. A previsão para a próxima temporada foi mantida.

As previsões de esmagamento foram elevadas de 41 milhões para 41,5 milhões de toneladas em 2017/18 e de 42,8 milhões para 42,9 milhões de toneladas em 2018/19. Em relação à temporada 2018/19, a oferta total de soja deverá subir 1%, passando para 118,845 milhões de toneladas. A demanda total está projetada por Safras em 113,1 milhões de toneladas, inalterada. Desta forma, os estoques finais deverão subir 43%, passando de 4,029 milhões para 5,745 milhões de toneladas.

Safras trabalha com uma produção de farelo de soja de 32,65 milhões de toneladas, subindo 3%. As exportações deverão subir 4% para 14,5 milhões de toneladas, enquanto o consumo interno está projetado em 16,9 milhões, com elevação de 3%. Os estoques deverão subir 66%, para 3,16 milhões de toneladas. A produção de óleo de soja deverá ficar em 8,48 milhões de toneladas. O Brasil deverá exportar 1,15 milhão de toneladas, recuando 8% sobre o ano anterior. O consumo interno deve crescer 10% para 7,68 milhões. A previsão é de recuo de 47% nos estoques para 345 mil toneladas.

Data: 05/01/2018
Fonte: Safras & Mercado

Últimas notícias