Meio Ambiente

Legislação: o que o Brasil faz e o que os CONCORRENTES fazem

Meio

Seguir as normas ambientais brasileiras é muito mais caro e complicado ao produtor comparado aos agricultores dos Estados Unidos ou da Argentina. Mas esses países concorrem igualmente pelos mercados agrícolas mundiais e sem nenhuma diferenciação baseada em impacto ambiental ou alguma contrapartida

Advogada Samanta Pineda, especialista em Direito Ambiental

Temos a produção rural mais sustentável do planeta e, ainda assim, sofremos mais pressão internacional que os outros países em relação à conservação. É com essa afirmação que inicio este artigo, no qual trago a comparação da legislação ambiental brasileira aplicada à área rural e as normas dos principais países exportadores de alimentos do mundo. Apesar de liderar as exportações de certos tipos de produtos, como a soja e a carne, o Brasil, de forma geral, é o segundo maior exportador de alimentos. A ordem, atualmente, traz, em primeiro lugar, os Estados Unidos, seguido por Brasil, China, Argentina e Canadá. Figuram, ainda, eventualmente, no rol dos campeões de exportação, a Alemanha e a França. Mas quais são as facilidades e as dificuldades enfrentadas por esses países para chegarem a esses resultados e quanto impacto no planeta a produção dessas nações causa?

Estar de acordo com as normas ambientais aqui no Brasil é muito mais caro e difícil ao produtor do que estar de acordo com a lei nos Estados Unidos ou na Argentina, e, ainda assim, esses países concorrem igualmente pelos mercados mundiais, sem qualquer diferenciação baseada em impacto ambiental da produção e sem qualquer contrapartida dos países mais poluentes. No Brasil inteiro, existem 11 tipos de locais totalmente protegidos por lei dada su...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!