Seed Point

RASTREABILIDADE: importante ferramenta de produtividade

Os produtores podem usufruir de todas as informações sobre o insumo, como garantia de origem, controle de qualidade e plantabilidade, além de informações técnicas, histórico de produção e muito mais

Engenheiro-agrônomo e doutor em sementes Alexandre Gazolla Neto, professor da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), e diretor d’O Agro – [email protected]

O manejo para altos rendimentos de grãos está associado à obtenção de um estande de plantas uniformes e vigorosas, garantindo a construção de plantas com alto potencial produtivo nos campos de produção. Nesse contexto, a qualidade de sementes (física, fisiológica, genética e sanitária), a plantabilidade e a rastreabilidade das sementes utilizadas são fundamentais para se alcançar altos índices de rendimentos de grãos. A plantabilidade com sementes de alta qualidade assume papel fundamental para um excelente estabelecimento inicial da cultura, proporcionando um perfeito sincronismo em todos os estágios de desenvolvimento até a colheita. A população ideal de plantas é resultado da interação entre qualidade do lote de sementes, sistema adequado de classificação, momento apropiado de semeadura, manejo do solo e aplicação eficiente do tratamento de sementes. Lotes de sementes com baixa qualidade ou de origem desconhecida geram dúvidas no planejamento da semeadura, aumentando o consumo de sementes e reduzindo o potencial de produção.

O emprego de novas tecnologias é fundamental nos modernos sistemas de produção, aliado à incorporação de novas áreas de cultivo e do estudo, desenvolvimento e melhoria de potenciais genéticos e fisiológicos das cultivares relacionados à utilização de adequadas técnicas de manejo, especialmente da elaboração de programa específico com vistas ao aumento da produtividade agrícola, maximizando áreas de produção já exis...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!