Na Hora H

COMO DOBRAR OU TRIPLICAR A PRODUÇÃO COM OS POUCOS RECURSOS FINANCEIROS?

Na

ALYSSON PAOLINELLI

Muito se tem falado que há necessidade de o mundo ser capaz de atender a duas pressões causadas pelo aumento da população em mais de 2 bilhões de pessoas nos próximos 30 anos e, ao mesmo tempo, o crescimento da renda nitidamente existente em países e regiões populosas – como China, Índia, África e a própria América do Sul – que irão provocar uma demanda acima do normal na produção de alimentos. Muitos órgãos e instituições internacionais, e, principalmente, os consumidores cujos países já estão com seus recursos naturais praticamente esgotados esperam que o Brasil possa ser o ponto de equilíbrio para essa demanda exagerada. Calcula- se mesmo que, do total do aumento necessário na produção de alimentos, o Brasil teria de responder por, no mínimo, 40% dessa demanda, já que desenvolveu uma agricultura tropical altamente capaz e tem recursos naturais suficientes. Por outro lado, surgem naturais apreensões com as dificuldades vividas pelo Brasil nos dias de hoje. Além dos problemas políticos, sociais e outros de toda ordem, ressalta-se a crise econômica em que vivemos.

Como resolver a expansão da produção nacional dentro dessa limitação de recursos, claramente manifestados pela redução perigosíssima em programas estratégicos de pesquisa, ciência e tecnologia, e, por outro lado, a alta demanda na construção de infraestrutura suficiente para atender a um crescimento rápido da nossa produção, já que, mesmo com a atual, não temos atendido suficientemente ao problema logístico de colocar em forma adequada o alimento que produzimos no mercado internacional. Como resolver essa equação? Se for pela abertura de novas áreas, agrava-se concomitantemente o problema de logística e a própria legisl...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!