Gestão

BACKGROUND CHECK também é para produtores

Gestão

O mecanismo de verificação de antecedentes de parceiro, fornecedor, cliente, empregado ou outro elemento como que se irá fazer negócios ou contratações também pode ser utilizado nas relações comerciais no campo

Advogada Claudia de Jesus, fundadora da Background Brasil

O setor agro pode usar o background check? Claro, o agro pode e deve! O setor do agronegócio cresce a uma velocidade enorme, vem incorporando práticas modernas de gestão e dia a dia se profissionaliza cada vez mais, caminho sem volta. O agro não é para amadores, os profissionais que atuam no mercado são de primeira linha. Grande parcela desse mercado é representada por empresas brasileiras, em sua maioria compostas por produtores de pequeno e médio porte que praticam operações diversas como, por exemplo, compra e venda de terras, galpões, depósitos, maquinários e até aeronaves e drones.

Embora os negócios feitos no fio do bigode tenham ficado para trás, ainda podemos encontrar os que ainda se arriscam nessa prática. E isso deve ser evitado! Há um provérbio português que diz que “cautela e caldo de galinha não faz mal a ninguém”. Conhecer o fornecedor, o parceiro com quem vai se fazer negócios antes de qualquer contratação é o caminho que o agro já começou a seguir no Brasil e deve continuar assim. Uma boa forma de se fazer isso é incorporar o background check em seus negócios a fim de conhecer antes de contratar, conhecer para mitigar os riscos.

Mas o que é o background check? — Background check é a verificação de antecedentes, consiste em pesquisas, públicas e não-sigilosas, da situação fiscal, legal e reputacional do parceiro, fornecedor, cliente, empregado, ou qualquer um que você irá ...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!