Mecanização

PNEUS ajustados, trator mais produtivo

Mecanização

Um exemplo: equipamento com falta ou excesso de lastro e/ou com pressão interna inadequada pode ocasionar perdas que variam entre 20% e 55% nos elementos de tração

Adão Leonel Mello Corcini, Marcelo Silveira de Farias, Hercules Nogueira Filho e Leonardo Casali, da Universidade Federal de Santa Maria/RS

A agricultura moderna determina que todos os bens de produção sejam utilizados com a máxima eficiência possível, para maximizar o potencial produtivo das áreas agrícolas, evitar desperdícios e, consequentemente, aumentar a lucratividade do homem do campo. Em geral, todos os agricultores se preocupam com os fatores que envolvem maiores investimentos, como o preço de sementes, fertilizantes, defensivos químicos, dentre outros, mas esquecem dos pequenos detalhes que, ao longo do tempo, podem fazer a diferença.

Uma perda que muitas vezes passa despercebida pelo agricultor é a de energia nas operações agrícolas, em que se utiliza o trator como fonte de potência. Equipamento mal ajustado, com falta ou excesso de lastro (peso) e/ou pneu com pressão interna inadequada podem ocasionar perdas que variam entre 20% e 55% nos elementos de tração, prejudicando o contato do pneu com o solo e, consequentemente, o desempenho em tração do trator.

Um trator leve, isto é, com peso insuficiente, pode patinar com muita facilidade, perdendo velocidade de trabalho e capacidade de tração. Pode apresentar ainda, desgaste acelerado da banda de rodagem e aumento do consumo de combustível. Por outro lado, lastro em excesso reduz o patinamento das rodas motrizes, aumenta a compactação do solo e a resistência ao rolamento.

O processo de lastragem de um trator agrícola consiste na adição/adequ...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!