Plantio Direto

Importância da COBERTURA vegetal e aplicação de calcário e gesso em SPD

Jéssica Pereira de Souza, doutoranda da UFRGS; Fabiane Machado Vezzani, Glaciela Kachusk e Emanuel Maltempi de Souza, professores da UFPR; Eduardo Balsanelli, pós-doutor da UFPR; Leandro Bortolon, Elisandra Solange Oliveira Bortolon e Francelino Peteno de Camargo, pesquisadores da Embrapa Pesca e Aquicultura

O sistema plantio direto (SPD) é uma das práticas sustentáveis de produção de grãos em regiões de clima tropical e subtropical. Na safra de 2013/2014, no Brasil, 29 milhões de hectares de soja foram cultivados sob SPD (Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação, a Febrapdp). O SPD consiste no mínimo revolvimento do solo, na rotação de culturas, no controle mecânico do escoamento superficial e na permanência de cobertura vegetal morta na superfície. Como resultado dessas práticas, ocorre incremento do estoque de carbono, melhoria da estrutura, diminuição da temperatura e retenção da umidade, o que pode manter ou aumentar a qualidade do solo e promover a produtividade das culturas.

A inobservância dessas técnicas fundamentais do SPD gera altos índices de degradação dos solos no Brasil e levanta questionamentos sobre a qualidade do sistema de produção. Uma das dificuldades em conduzir o SPD é a adoção das práticas de rotação de culturas e cobertura vegetal morta. A dificuldade está nas questões de mercado, na afinidade do produtor com a cultura e até questões biológicas, como a alta velocidade de decomposição dos resíduos vegetais.

As altas temperaturas do ar e chuvas intensas características do bioma Cerrado refletem em um processo de decomposição dos resíduos vegetais mais acelerado do que de outras regiões do Brasil com clima mais ameno. Outra característica do Cerrado são os períodos sem precipitação pluviométrica, que podem durar seis meses, inviabilizando a produção de matéria vegetal. Os solos do Cer...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!