Agricultura de Precisão

GEOESTATÍSTICA: para saber tudo sobre as qualidades do solo

Agricultura

Os conceitos geoestatísticos aplicados à agricultura de precisão avaliam os atributos químicos e físicos do ambiente, e no Brasil há uma tendência de crescimento na adoção à tecnologia. Os softwares serão cada vez mais simplificados para possibilitar a análise de dados sem grandes exigências em conhecimentos técnicos dos produtores

Rafael Montanari e Renan Francisco Rimoldi Tavanti, da Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, Departamento de Fitossanidade, Engenharia Rural e Solos

A população mundial na década de 1920 era de aproximadamente 2 bilhões de habitantes, e em 2018 de 7,5 bilhões, um crescimento de mais de 5 bilhões de pessoas em menos de 100 anos. Quando abordamos esses números, logo pensamos em problemas relacionados à fome e à insegurança alimentar em países estagnados economicamente e subdesenvolvidos. Nunca antes se discutiu tanto sobre como aumentar a produção de alimentos de forma sustentável e a mitigação de gases de efeito estufa por parte da atividade agrícola. O Brasil é visto como um dos principais países produtores de grãos e carne no mundo, tendo a agricultura e a pecuária as mais importantes atividades do seu setor econômico. Juntas constituem pouco mais de 5% do PIB e são responsáveis por quase R$ 100 bilhões em volume de exportações (SRI/Mapa).

Agricultura

Com a preocupação na preservação de seus recursos naturais e do meio ambiente, observa-se um incentivo, por parte dos pesquisadores e profissionais da área agrícola, no estudo das cadeias ...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!