Primeira Mão

Melhore$ lavoura$

null

As primeiras estimativas do valor da produção agropecuária (VBP), a receita bruta dentro da porteira, para 2018 destacam, entre as grandes culturas, crescimentos para algodão (15,4%), soja (0,8%), café (3,6%) e trigo (48,9%). Entre os 17 cultivos levantados, incluindo hortaliças, para oito estão previstas altas. “Esse grupo vem se beneficiando de preços mais elevados do que no ano passado, e simultaneamente de aumentos de produção. É o caso da soja, produto que, nos últimos cinco anos, tem apresentado valor da produção ascendente. Além disso, lidera a produção com R$ 120,4 bilhões, representando 34,7% do valor das lavouras. Os demais mostram descontinuidade na trajetória do valor”, descreve o coordenador-geral de Estudos e Análises da Secretaria de Política Agrícola, José Garcia Gasques. Entre os destaques negativos estão o arroz (-7,9%), a cana (-11,9%), o feijão (-26,4%) e o milho (-12,2%). O VBP de todas as lavouras está previsto em R$ 346,1 bilhões, recuo de 5,7%


177 milhões...

...de hectares: eis a dimensão das áreas preservadas dentro das propriedades agrícolas brasileiras. Essa superfície significa 48% do total das áreas que as fazendas ocupam e 1/5 de todo o território brasileiro! O número foi apresentado pela analista de geoprocessamento da Embrapa Lucíola Alves Magalhães no trabalho “A dimensão territorial da sustentabilidade da agricultura brasileira”, e se refere apenas às áreas preservadas dentro de propriedades privadas inscritas no Cadastro Ambiental Rural (CAR). Segundo Lucíola, 4,3% milhões de produtores já aderiram a mecanismos de proteção ambiental como a Área de Preservação Permanente e a Reserva Legal.


Crédito: mais investimentos

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!