Fitossanidade

Adjuvantes: ferramenta essencial na aplicação de fungicidas

Fitossanidade

Entre as funções dos adjuvantes usados junto aos fungicidas está melhorar a atividade biológica defensiva na planta. E os óleos minerais e vegetais e os surfactantes são os mais importantes adjuvantes a serem aplicados junto a um fungicida

Leandro N. Marques, Marlon T. Stefanello, Mônica Debortoli e Ricardo S. Balardin, do Instituto Phytus

O bom funcionamento dos produtos fitossanitários é altamente dependente da qualidade da tecnologia de aplicação. A adequada cobertura do alvo, juntamente com adequadas taxas de absorção, contribui para elevar a eficácia de diversos produtos fitossanitários, incluindo os fungicidas. A superfície dos órgãos da planta, especialmente as folhas, possui obstáculos que por vezes,atrapalham a relação das gotas com os tecidos e na quantidade de ativo absorvido. Tais obstáculos variam entre espécies, de acordo com a idade dos tecidos, em função de condições do clima, entre outros fatores. No entanto, é possível adicionar determinados adjuvantes à calda de pulverização, de modo a melhorar o funcionamento desses produtos fitossanitários. Nas aplicações de fungicidas, o uso de adjuvantes é ferramenta indispensável. Assim, dentre as funções dos diferentes adjuvantes utilizados, uma das principais é melhorar a atividade biológica do fungicida na planta, ponto de maior ênfase neste artigo.

Dentre os principais adjuvantes adicionados junto à calda de pulverização do fungicida estão os óleos minerais e vegetais e os surfactantes. Importante ressaltar que os óleos utilizados contêm em sua formulação um percentual de surfactantes (tensoativos), média de 5% a 9%, mas que pode chegar até 20%. Além disso, na própria formulação do fungicid...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!