Entidades

ABRAMILHO, uma década em defesa dos produtores

Entidades

Instituições como a Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho) e Associação Brasileira das Indústrias do Milho (Abimilho) representam os anseios da cadeia produtiva do cereal nas mais diversas esferas

AAssociação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho) nasceu em 2007 de um movimento espontâneo dos produtores do grão, pela necessidade de se organizarem diante dos desafios nacionais e internacionais vivenciados pela cultura nos últimos anos. Com o atual cenário de concorrência, os produtores sabem que é necessário aumentar a produtividade se quiserem enfrentar os desafios que o mercado apresenta. E este é o papel da Abramilho: representá-los na busca de apoio político, tecnológico e mercadológico para esse empreendimento. A Abramilho é uma associação civil com sede em Brasília, e mantém como afiliadas associações estaduais e do Distrito Federal, bem como cooperativas, entidades nacionais e regionais com interesses comuns. A associação está sempre ampliando a sua participação para outras áreas geográficas do País.

“No nosso estatuto, prevemos a instituição de um conselho consultivo de grande abrangência, que se encontra em formação e inclui representantes da comunidade científica, das entidades sindicais representativas de setores vinculados à cadeia produtiva do milho”, ressalta Allysson Paolinelli, presidente institucional da Abramilho e também colunista d’A Granja. Paolinelli acredita que uma das grandes conquistas da Abramilho é estar aberta ao intercâmbio cultural e científico com associações congêneres internacionais. “Sabemos que é através da pesquisa que conseguimos grandes avanços, não só na agricultura tropical, mas no mundo todo”, acrescenta o dirigente.

Entre as principais ativid...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!