Agricultura de Precisão

Possibilidades da prestação de serviços em AP

Agricultura

O produtor tem na terceirização a oportunidade de usufruir de tecnologias mais custosas. E já existe a Associação Brasileira dos Prestadores de Serviços em Agricultura de Precisão (ABPSAP)

Engenheiro agrônomo Pedro Magalhães, presidente da Associação Brasileira dos Prestadores de Serviços em Agricultura de Precisão (ABPSAP) e proprietário da empresa Agrotecnologia

Aprestação de serviços no setor agrícola no Brasil, relacionada à atividade de agricultura de precisão, teve início no final da década de 1990 em pontos isolados, em universidades de lugares nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Minas Gerais. Em alguns centros, como Piracicaba/SP e Santa Maria/RS, se tornaram mais expoentes e consolidaram- se como centros de difusão e referência na atividade. A partir desses centros, muitas técnicas e metodologias foram criadas e se difundiram, além de muitas pessoas que se formaram, tanto para atuar no setor de pesquisa quanto na parte comercial e de execução do trabalho de agricultura de precisão (AP).

A prestação de serviço em agricultura de precisão iniciou-se tanto no Brasil quanto em outros países, concentrada na coleta de amostras de solo e elaboração de mapas de recomendação de aplicação de insumos em taxa variável para corrigir a fertilidade. E apesar de muitas outras técnicas e vertentes terem surgido, até hoje ainda esse tipo de trabalho é o principal para a remuneração dos profissionais que atuam nesste ramo do setor agrícola.

No início dos anos 2000 até aproximadamente 2010, os profissionais do setor de AP, que na sua maioria eram agrônomos ou técnicos agrícolas, foram responsáveis pela venda, comercialização e difusão dos equipamentos de tecn...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!