Agribusiness

CAFÉ

EXPORTAÇÕES AUMENTAM EM SETEMBRO EM VALOR

Agribusiness

Lessandro Carvalho - lessandro@safras.com.br

As exportações brasileiras de café em grão obtiveram receita de US$ 359,6 milhões em setembro, com média diária de US$ 18 milhões em 20 dias úteis. O volume embarcado totalizou 2.177.200 sacas de 60 quilos, com média diária de 108,9 mil sacas. O preço médio foi de US$ 165,20 por saca. Em agosto, o Brasil havia obtido receita de US$ 384,6 milhões – média de US$ 16,7 milhões, através das exportações de 2.375.500 sacas, com média diária de 103,3 mil sacas. O preço médio ficara em US$ 161,9/ saca. Na comparação entre setembro e agosto, as exportações subiram 7,5% no valor médio diário e 5,4% na quantidade média diária, enquanto o preço médio avançou 2%. Entretanto, o volume total de café verde exportado em setembro caiu 8,3% contra agosto.

Em setembro do ano passado, a receita das exportações de café havia somado US$ 458,8 milhões (média diária de US$ 21,8 milhões), e o volume embarcado chegara a 2.755.400 sacas (média de 131,2 mil sacas/dia), com preço médio de US$ 166,50/saca. Houve em setembro de 2017 uma queda de 17,7% em receita média diária e redução de 17% na quantidade média diária embarcada no comparativo com o mesmo mês de 2016. O preço médio diário nas exportações em setembro de 2017 foi 0,8% menor que o de setembro de 2016. As exportações em volume total do verde em setembro de 2017 foram 21% menores que o volume de setembro de 2016.

Segundo o consultor de Safras & Mercado Gil Barabach, a queda nos embarques é atribuída à menor safra e à resistência dos produtores em vender o café.


ARROZ

CEREAL DÁ SINAIS DE ESTANCAR A TENDÊNCIA ...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!