Algodão

REFÚGIO como estratégia de manejo da resistência

Algodão

Entre as ações para evitar a danosa resistência das plantas Bt está o refúgio. No caso do algodão, significa plantar 20% da área com sementes não-transgênicas. E esta atitude depende do produtor

Pesquisadores José Miranda, da Embrapa Algodão, Simone Mendes Martins, da Embrapa Milho e Sorgo, e Edson Hirose, da Embrapa Soja

Um assunto bastante discutido atualmente, de importância tremenda para a humanidade, mas que ainda causa bastante controvérsia é a transgenia. Transgenia é um processo biotecnológico descoberto na década Leandro Mariani Mittmann de 1970 cuja inovação consistiu da manipulação de um ser vivo com a introdução de um gene de uma outra espécie neste organismo a fim de lhe transmitir uma característica desejável. Partindo- se do princípio de que todos os organismos vivos são constituídos de células cujos DNA contém genes, têm sempre a mesma estrutura e obedecem aos mesmos mecanismos biológicos em todos os seres vivos, verificou-se ser possível retirar um gene de uma A GRANJA | 41 espécie e colocá-lo em outra, sem alterar sua função original.

Duas áreas onde estas novas técnicas têm sido amplamente utilizadas são a medicina e a agricultura. Na agricultura, as culturas onde a transgenia mais está sendo empregada são a soja, o milho e o algodão. Nestas plantas, eventos expressam características agronômicas interessantes como a resistência a insetos e a tolerância a herbicidas, que facilitam o manejo destas culturas. Assim, plantas transgênicas com ação inseticida, popularmente conhecidas como plantas Bt, obtiveram esta característica por meio da introdução de genes da bactéria Bacillus thuringiensis (Bt). A este processo onde uma célula de uma determinada plan...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!