Palavra De Produtor

O CAMPO JÁ FAZ MUITO E PODE FAZER MUITO MAIS

Palavra

Walter Horita

A primavera chegou e trouxe, como esperado, as chuvas para iniciar o plantio da primeira safra de verão do ano agrícola 2017/2018, no Brasil. Algumas regiões iniciaram já em setembro, outras, em outubro, e todas finalizarão até o fim de dezembro. Tudo o que já estava minuciosamente planejado começou a ser executado pelas mãos de milhares de agricultores por todo o País. Coisa bonita de se ver: tratores, pulverizadores e plantadeiras revisados, adubo formulado, na quantidade certa para cada cultura; semente devidamente tratada e protegida para garantir os primeiros dias em contato com o solo; agroquímicos estocados para serem utilizados, na hora certa, no combate das ervas daninhas, das pragas e das doenças.

Alegra-me ver a terra preparada, seja com arados e grades, ou em sistema de plantio direto, técnica disseminada nas lavouras do Brasil. Esse substrato sobre o qual exercemos a nossa atividade é, sem dúvida, um dos principais fatores de produção, ao lado da água. Mas o melhor da agricultura será sempre o agricultor, que se aprimora a cada ano, não somente pelo ganho que espera ter, mas, principalmente, pela paixão em plantar, cultivar e colher, desejando superar sempre suas melhores marcas.

Pelas previsões para este verão não deverá ocorrer nenhuma anomalia climática. Isso indica que poderemos ter mais uma grande safra. E olha que será difícil superar a última, de 240 milhões de toneladas. Mas o produtor rural é otimista por natureza, e tanto não descarta bater o recorde, como trabalhará para tal. Em nosso favor, temos conhecimento e tecnologia; precisamos apenas da ajuda da natureza: sol e chuva na hora certa. Na safra 2000/2001, cravamos a então almej...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!