Agribusiness

CAFÉ

(FOTO 1)

Lessandro Carvalho - lessandro@safras.com.br

EMBARQUES BRASILEIROS TOTALIZARAM 32,9 MILHÕES DE SACAS EM 2017/18

As exportações totais brasileiras de café (verde e solúvel) no acumulado da temporada completa de 2016/17 (julho a junho) chegaram a 32,917 milhões de sacas de 60 quilos, queda de 6,9% no comparativo com igual intervalo da temporada 2015/16, quando os embarques totais foram de 35,347 milhões de sacas. A receita no acumulado da temporada chegou a US$ 5,641 bilhões, 5,6% a mais que em igual período da temporada 2015/16 (US$ 5,343 bilhões). Tomando- se somente o mês de junho de 2017, as exportações totais foram de 2,164 milhões de sacas, queda de 8,7% contra junho de 2016, quando foram embarcados 2,370 milhões de sacas. Em receita, os embarques de junho foram de US$ 358,82 milhões, 3% a mais que em junho de 2016 (US$ 348,21 milhões).

No acumulado da primeira metade de 2017, de janeiro a junho, os embarques chegaram a 14,976 milhões de sacas, queda de 7% no comparativo com o mesmo período de 2016. A receita com as exportações no acumulado janeirojunho de 2017 chega a US$ 2,589 bilhões, aumento de 9,4% no comparativo com igual intervalo de 2016.

O levantamento mensal de Safras indicou que até 10 de julho os produtores haviam comprometido 26% da safra 2017/18, estimada em 51,10 milhões de sacas. O ritmo das vendas está abaixo de igual período do ano passado, de 32%. E também aquém da média histórica para o período, em torno de 29%. No caso do arábica, o produtor vendeu 25% da safra, um percentual bem abaixo de igual período do ano passado (31%) e também da média para o período do ano (28%). E a comercialização de conilon alcança 27%, contra 35% de igual período do ano passado e 33% de média histórica.


ARROZ

(FOTO 2)

Rodrigo Ramos - rodrigo@safras.com.br

PREÇO BUSCA RECOMPOSIÇÃO, MAS AINDA SEGUE FRACO

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!