Vitrine

IRRIGAÇÃO É A GARANTIA DA SONHADA SAFRA FARTA

O maior temor de todo o produtor, tanto o de hoje, que usufri as mais avançadas tecnologias, como aquele primitivo, que inventou a prática da agricultura, vem lá de cima. Não, não está se falando de Deus – ainda que a reza sempre foi um dos “insumos” que, quem empreende uma lavoura, costuma lançar mão. A questão referida ao “lá de cima” tem a ver com as nuvens, com o clima, com a água abundante que vai deixar a plantação verde e, então, apta a gerar belos frutos – e lucros. Mas, sabe-se, há muito tempo é possível evitar o torcicolo de observar o movimento das nuvens desejando ver a lavoura bem suprida em umidade por meio da tecnologia da irrigação. No entanto, bem antes de pensar em acionar um pivô – ou outro dos mecanismos de irrigação – muito se deve conhecer sobre a ferramenta. E esse foi o objetivo da nossa reportagem de capa: mostrar o que fazer antes de investir em irrigação, assim como o manejo correto da tecnologia tão fundamental para evitar perdas para o clima e produzir melhor mesmo em tempos de clima bom.

E a edição oferece outras orientações, sugestões e ideias para se produzir mais e melhor – e, sobretudo, irrigar suas contas. Você conhece a plataforma Agrishare, em que é possível compartilhar máquinas agrícolas? Já pensou no quanto é importante criar condições para que a vida no solo aumente a produtividade? E que tal investir em sistemas agroflorestais, uma conciliação, no mesmo espaço e tempo, entre árvores, cultivos e criação de animais?

Mas tem mais, como a cobertura de duas vitrines que expuseram o melhor da agropecuária mato-grossense e goiana, as feiras Farm Show, em Primavera do Leste/MT, e Tecnoshow Comigo, em Rio Verde/GO.

E se evoluir é a meta de todos, também promovemos algumas alterações nas nossas edições a partir desta. Incorporamos na seção Espaço do Leitor as seções Cartas, Fax e Emails e Aqui Está a Solução. E esperamos a sua contribuição, seja uma dúvida, seja alguma consideração sobre qualquer assunto. Da mesma forma, os temas sobre agricultura familiar serão incorpopradas ao corpo da revista, e não mais numa seção exclusiva. O assunto continuará sendo tratado com a maior atenção por aqui, pois o pequenor produtor é muito importante para este País – e para nós.

Boa leitura!

Vitrine