Novidades no Mercado

 

CESB BUSCA PRODUTIVIDADE DE 143 SACAS DE SOJA/HECTARE

Até janeiro estão abertas as inscrições para o Desafio Nacional de Máxima Produtividade de Soja, concurso promovido pelo Comitê Estratégico Soja Brasil (Cesb). O Desafio é dividido nas categorias Campeão Nacional (soja irrigada); Campeões Municipais, Campeões Estaduais e Campeões Regionais – Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte/Nordeste – (soja de sequeiro). “O maior benefício do Desafio de Máxima Produtividade da Soja é verificar na edição seguinte que cada agricultor expande sua produtividade da área comercial, não restringindo os bons resultados apenas ao concurso”, destaca o presidente do Cesb, Nery Ribas. Ele esclarece que, para participar do Desafio, é preciso inscrever áreas entre cinco e dez hectares. ”A partir dessa área menor, o sojicultor avalia suas planilhas de custos e rentabilidade, coloca na balança, junto às técnicas e tecnologias empregadas na área inscrita no Desafio de Máxima Produtividade, e passa a expandir sua produção, contribuindo para que o Brasil saia da produtividade estacionada na casa das 50 sacas por hectare há décadas”. As inscrições pelo site www.cesbrasil.org.br.


TRIMBLE E EMBRAPA PROMOVEM CAPACITAÇÃO EM ÁGUA

A Trimble, em parceria com a Embrapa, ofereceu em dezembro treinamento inédito no Brasil sobre suas tecnologias de gerenciamento de água. Realizado na Estação Terras Baixas, em Capão do Leão/RS, o evento foi conduzido pelo gerente de Produto Global para a tecnologia de Field Level, Josh Shuler, e pelo gerente de Vendas Global de Soluções para Gerenciamento de Água, John Downey, que possui mais de 25 anos de experiência nessa unidade de negócio. Os especialistas dos Estados Unidos, Argentina e Brasil reuniram-se exclusivamente para esse encontro de capacitação dos times das duas empresas e dos distribuidores Trimble. A iniciativa visa difundir as tecnologias que facilitam muito o cotidiano dos produtores, como o software WM Sub Surface, lançamento que permite otimizar os projetos de sistematização do solo, inclusive remotamente, já que é possível criar o melhor ajuste diretamente do escritório.


YARA INICIA OPERAÇÃO DE UNIDADE ADQUIRIDA EM CATALÃO/GO

A Yara passou a operar em dezembro em Catalão/GO. Após a aprovação da aquisição da unidade industrial misturadora da Adubos Sudoeste pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), a unidade foi preparada para atuar com os mesmos padrões globais da Yara. A unidade possui capacidade total de 300 mil toneladas por ano, com potencial para ampliar a produção de acordo com a demanda. “Com a operação em Catalão passamos a nos beneficiar de uma boa estrutura energética e ótima malha rodoviária e ferroviária, facilitando o escoamento da produção e nossa presença junto aos clientes”, explica Cleiton Vargas (foto), vice-presidente de Nutrição de Plantas da Yara Brasil.


VICTOR E LEO ENTREGAM CAMINHÕES MAN TGX

A promoção Vire a Chave, da Man Latin America, acaba de chegar ao fim. Ao todo, foram mais de 48 mil clientes cadastrados e 150 mil acessos no site. Para encerrar com chave de ouro, dois sortudos ganharam, cada, um Man TGX, entregues pessoalmente pela dupla sertaneja Victor e Leo nas concessionárias. Além dos caminhões, foram sorteados 1.200 prêmios instantâneos e uma Saveiro 0 km.Um dos vencedores foi José Silva da Costa Junior, sócio-proprietário da Transneto, de Divinópolis/ MG. Outro vencedor foi Waldir Duarte, diretor financeiro e um dos sócios da transportadora WR Indústria e Comércio de Embalagens. “Eu estava dirigindo quando me ligaram contando. Tive que pedir para esperarem eu parar o carro porque meu coração estava disparado”, contou.


JACTO: TECNOLOGIAS E EQUIPAMENTOS FOCAM NA OTIMIZAÇÃO

As empresas de máquinas e equipamentos agrícolas vêm apostando em tecnologias que possam otimizar e reduzir custos de produção, proporcionando uma rentabilidade maior ao produtor. A Jacto, atenta a esse cenário, reforçou seu portfólio focado na diminuição de desperdício de produto, tempo e trabalho e que os produtores tenham opções para aumentarem o potencial produtivo das culturas. Entre os equipamentos com esse foco está o Uniport 4530, que completa a linha de pulverizadores automotrizes. O modelo Uniport 4530 possui reservatório de 4.500 litros e barras de pulverização de 36 metros. É a primeira máquina desse porte no Brasil. Outro é o Uniport 2530, pulverizador automotriz que foi formatado para trabalho nas mais diversas condições de terreno, pulverizando em rampas de até 30%. Esses produtos aumentam a oferta aos clientes e tornam o portfólio da Jacto ainda mais completo. “Foram desenvolvidos pensando em rendimento, economia e tecnologia, fatores muito importantes para o desempenho do trabalho no campo”, explica Marcus Portari, gerente de produto da linha de pulverizadores automotrizes e adubadoras.


INPEV COMPLETA 15 ANOS

Ao longo de uma trajetória que completou 15 anos em dezembro, o Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV) pode se orgulhar de colecionar importantes resultados. Núcleo de inteligência do Sistema Campo Limpo (logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas), o instituto comemorou seu aniversário no momento em que o programa atinge a marca de 400 mil toneladas de embalagens destinadas de forma ambientalmente correta. Esse número reflete a consolidação do sistema que colocou o Brasil na liderança mundial em destinação desse tipo de material ao encaminhar para reciclagem ou incineração 94% das embalagens plásticas primárias utilizadas. O trabalho realizado pelo Sistema evitou que 514 mil toneladas de CO2 equivalente deixassem de ser emitidas na atmosfera e poupou a extração de 1,2 milhão de barris de petróleo. E o programa gera 1.500 empregos diretos. “Esses resultados comprovam os importantes benefícios da atuação do instituto e do Sistema, que contribui para a construção de uma agricultura sustentável”, afirma João Cesar Rando, diretor-presidente do inpEV.


FARSUL PROJETA SAFRA RECORDE NO RIO GRANDE DO SUL

As questões políticas e a recessão da economia não impedem que a diretoria da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul) demonstre otimismo em relação aos rumos do agronegócio gaúcho em 2017. Grande parte dessa expectativa deve-se à atual safra. Segundo números divulgados no balanço de final de ano da entidade na semana passada, os produtores do estado irão cultivar 8,67 milhões de hectares neste ciclo. A área é inédita e supera em 3% a safra anterior. “Se o clima ajudar, também teremos uma colheita recorde, de 33,4 milhões de toneladas”, destaca o vice-presidente da Farsul, Gedeão Pereira (no centro da foto). A produção deve ajudar a recuperar os números do PIB da agropecuária gaúcha, que em 2016 apresentou retração de 3,1%. Entre as prioridades da Farsul para 2017 está a busca por um seguro rural mais eficiente. “Precisamos de uma política agrícola centrada em um seguro mais abrangente, que considere quantidade e qualidade. Também necessitamos de um programa plurianual de crédito para garantir a continuidade da produção, especialmente em anos seguintes ao de safras com perdas”, ressalta Pereira. Em 2017, a Farsul vai comemorar 90 anos de história. É a mais antiga entre as federações da agricultura do País.


OLEO MAC DOBRA GARANTIA DE SEUS PRODUTOS

Há quatro anos no Brasil, a Emak, empresa italiana presente em 85 países e faturamento anual superior a 380 milhões de euros, está ampliando para dois anos a garantia da sua linha de produtos dois tempos. Ao todo, são cerca de 22 modelos de produtos, entre roçadeiras, motosserras, motopodador, soprador, atomizador, perfurador de solo e derriçadeira de café. “A marca Oleo Mac vem se consolidando no Brasil. Desde que a própria fabricante, o grupo Emak, assumiu as operações no Brasil, a marca Oleo Mac tem sido prioridade. Em 2015 crescemos e com certeza até o final de 2016 somamos ao bom desempenho da companhia cerca de 20% de crescimento sobre o ano anterior”, declara Marcelo Navarro Utrabo, presidente da Emak do Brasil. Em 2015, o grupo Emak registrou um salto de 100,10% no faturamento sobre 2014.


FORD ALCANÇA NO BRASIL PRODUÇÃO DE 6 MILHÕES DE TRANSMISSÕES

A Ford registrou o marco de produção de 6 milhões de transmissões em sua unidade fabril de Taubaté/SP. Essa transmissão é chamada IB5 e tem padrão global de qualidade e excelência tecnológica, equipando veículos da marca no mercado doméstico e de exportação. É disponível nos modelos Ka, New Fiesta, Focus e EcoSport produzidos na América do Sul, além de veículos produzidos no México. Em duas décadas de operação, a fábrica de Taubaté também teve parte de sua produção de transmissões destinada para os Estados Unidos, China e África do Sul. Com comando manual e cinco velocidades, a transmissão IB5 é de concepção robusta. Ela foi desenvolvida para equipar os veículos mais vendidos da atual linha Ford, com relações de marcha escalonadas para o aproveitamento máximo do rendimento de cada motor.


ANDAV É HOMENAGEADA NO ANIVERSÁRIO DO INPEV

O Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (InpEV) completou 15 anos de atuação em logística reversa de embalagens vazias de defensivos, e durante evento comemorativo realizado em São Paulo a Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas (Andav), representada por Diogo Mazotini, diretor jurídico, recebeu uma homenagem pelos trabalhos realizados enquanto associação fundadora do InpEV. “Durante estes anos, nós, distribuidores, passamos a gerenciar 400 unidades de recolhimento de embalagens vazias e montamos mais de 281 associações para a continuidade do trabalho. Esse reconhecimento é muito importante pelo trabalho realizado”, diz Mazotini.


RBMCSA FOI MARCADA POR GRANDE PARTICIPAÇÃO DE PÚBLICO

A XX Reunião Brasileira de Manejo e Conservação do Solo e da Água, em novembro, em Foz do Iguaçu/PR, foi marcada pelo grande sucesso de público e momentos especiais. A conferência inaugural foi ministrada pelo professor da Universidade de Brasília Carlos Augusto Klink, com o tema: “É possível conciliar a conservação do solo e da água com o agronegócio?”. A abertura contou com presenças de diversas autoridades, entre elas o secretário estadual paranaense da Agricultura e Abastecimento, Norberto Otigara; o diretor- científico do Iapar, Thiago Pellini; o diretor da coordenação da Itaipu Binacional, Nelson Friedrich; o secretário geral da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, Reinaldo Bertola Cantaruti; o presidente da Fundação Agrisus, Antonio Roque Dechen; o gerente de planejamento do Sistema Faep, Henrique Salles Gonçalves; e presidente da comissão organizadora da RBMCSA e presidente do Núcleo Estadual do Paraná da SBCS, Arnaldo Colozzi.


COAMO ANTECIPA R$ 98,1 MILHÕES EM SOBRAS

Na Coamo, os bons resultados foram comemorados no final do ano partilhados entre os cooperados. Dezembro foi uma época muito aguardada pelos 28 mil associados, pois receberam, de forma antecipada, parte das sobras da cooperativa referente a 2016. O valor total foi de R$ 98,1 milhões, e foi divulgado pelo presidente da Coamo, José Aroldo Gallassini (foto). Os cooperados têm direito ao benefício na proporção da movimentação de cada um, durante o ano, com os produtos soja, milho, trigo e insumos. “A Coamo possui tradição do pagamento antecipado das sobras nesta época do ano. Essa condição é realizada desde a sua fundação, há 46 anos. Além de ‘engordar’ as festas de final de ano, o dinheiro das sobras ajuda a impulsionar o comércio nas várias regiões da área de atuação da cooperativa”, comenta Gallassini.


SCANIA É ELEITA A MARCA DO ANO

A Scania é a fornecedora do ano e a montadora de caminhões pesados de 2016, escolhida nas duas categorias pelas transportadoras de todo o Brasil que votaram na 19ª edição do Prêmio NTC Fornecedores do Transporte, da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística). A premiação ocorreu em São Paulo e contou com 14 categorias. “Ser eleito o Fornecedor do Ano, a marca preferida pelas transportadoras que votaram no prêmio, é a confirmação de que nossa decisão de permanecer ao lado do cliente, neste período desafiador do mercado, fez a diferença. Essa parceria virtuosa entre Scania, cliente e rede de concessionárias foi fundamental na busca por alternativas que pudessem ser lucrativas em meio à crise, e encontramos juntos soluções mais eficientes e rentáveis para a operação”, afirma Roberto Barral, diretor-geral da Scania no Brasil.


CLIENTES DA CASE IH PARTICIPAM DO AXIAL-FLOW EXPERIENCE

Para apresentar um dos maiores lançamentos da marca no continente, a linha de colheitadeiras Axial-Flow Série 130, a Case IH preparou diversas ações de marketing ao longo do ano. Foram mais de 70 eventos, em parceria com a rede de concessionários, por todo o País e América Latina. “Nosso objetivo foi traçar uma estratégia 360º que atingisse todas as frentes de trabalho, sempre com a mesma comunicação. Foi com esse direcionamento que tivemos a ideia do Axial-Flow Experience, uma proposta diferenciada para demonstração das novas Axial-Flow Série 130”, comenta Christian Gonzalez, diretor de Marketing da Case IH para América Latina. Com um espaço exclusivo na fábrica de Sorocaba/SP, foram mais de 1.200 visitas nacionais e internacionais desde o início de 2016 e a ação passou a fazer parte do Premium Plant Tour, um programa de visitas guiadas pela área de produção e o Centro de Distribuição de Peças e Logística.


JOHN DEERE FLORESTAL COMPLETA 20 ANOS DE BRASIL

A John Deere Florestal completou duas décadas de atuação no mercado brasileiro e celebra sua parceria de sucesso com os clientes. A companhia, que tem a inovação e alta tecnologia em seu DNA, é a única empresa a oferecer equipamentos e soluções completas para todas as etapas e atividades da operação de colheita florestal. “Temos uma sólida estratégia de longo prazo para o Brasil, com confiança no desenvolvimento socioeconômico do País. Tudo isso passa pela valorização do setor florestal, que gera uma robusta movimentação econômica e ainda preserva e respeita o meio ambiente, ou seja, um segmento importante para a sociedade”, diz Roberto Marques, diretor de Vendas da John Deere Construção e Florestal.


MASSEY FERGUSON DOA PROTÓTIPOS DE COLHEITADEIRAS A UNIVERSIDADES

A Massey Ferguson entregou para duas instituições de ensino superior protótipos de colheitadeiras hibridas desenvolvidos pela marca. Os modelos foram encaminhados ao Instituto de Desenvolvimento Educacional do Alto do Uruguai, de Getúlio Vargas/RS, e à Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Universidade Estadual Paulista (Unesp), de Jaboticabal/SP. Os protótipos irão oferecer melhores condições de aprendizado aos alunos, com equipamentos e instrumentais extremamente modernos. “A proposta é que as máquinas sirvam como bancada nos laboratórios, para que, dessa maneira, os alunos possam conhecer os sistemas, destaque para o processamento híbrido, detalhes técnicos, as regulagens e todos os ajustes necessários para tirar o máximo de desempenho na colheita. Ou seja, a proposta é capacitar a mão de obra e qualificar as equipes para atuarem nas partes operacional, mecânica e de manutenção preventiva e corretiva da máquina”, explica Douglas Vincensi, gerente de Marketing de Produtos Colheitadeiras da AGCO América do Sul.


ANOTE AÍ

Será realizado em 19 e 20 de janeiro, na Área Experimental da Meta Assessoria Agrícola, em Canarana/MT, o Dinetec 2017. Entre as atrações, no primeiro dia, haverá palestras com a jornalista Kelen Severo, sobre a safrinha 2017; com o professor Orismário Rodrigues, da Unemat, sobre raízes; e com o professor Tuneo Sedyama, da UFV, sobre melhoramento genético da soja. No segundo dia, fórum sobre a logística no Vale do Araguaia, com Edson Vaz Ferreira (Movimento Pró-Logística); e palestra sobre irrigação subterrânea por gotejamento, com a Netafim. São esperados dois mil produtores e seis mil pessoas no total. Mais informações em www.dinetec.com.br

De 6 a 10 de fevereiro, Cascavel/ PR sedia a primeira das principais feiras agrícolas do ano, a Show Rural Coopavel, promovido pela Coopavel Cooperativa Agroindustrial. O mais avançado em técnicas, tecnologias e serviços é apresentado pelas principais empresas públicas e privadas ligadas ao agronegócio. Até meados de dezembro, a organização anunciava a confirmação de 520 expositores. A edição do ano passado registrou o público recorde de mais de 235 mil visitantes. Mais informações em www.showrural.com.br

Cachoeirinha sedia, de 16 a 18 de fevereiro, o maior debate setorial da produção e suprimento de arroz, a 27ª edição da Abertura Oficial da Colheita do Arroz. O evento tem como objetivo desenvolver o setor, reunindo produtores, autoridades, entidades e empresas do agronegócio do arroz com a finalidade de mostrar, a campo, os últimos avanços científicos e tecnológicos na cultura do arroz, bem como discutir a realidade sócio-econômica do setor em nível nacional e internacional. Informações em www.federarroz.com.br

Mais informações sobre eventos em www.agranja.com