Comercializacão

 

CHICAGO, a cidade onde se decide tudo

A Chicago Board Of Trade Futures (Cbot), mais conhecida por Bolsa de Chicago, dá norte às cotações da oleaginosa todos os dias para todos os lugares do mundo

A soja é produzida em centenas de municípios do Brasil, mas é o nome de uma cidade, a milhares de quilômetros de Santa Rosa/RS, Campo Mourão/PR, Sorriso/MT, Rio Verde/GO, Maracaju/MS, Luis Eduardo Magalhães/BA e demais, que está sempre, dia útil após dia útil, na mira do produtor brasileiro: Chicago, do estado americano de Illinois. O que se decide na Chicago Board Of Trade Futures (Cbot) define o humor dos mercados e das cotações de soja – além de milho e mais uns 50 produtos – no restante do planeta. Então, conforme o bushell (27,21 quilos de soja) vai tendo o valor fixado (em dólar), é só acrescentar o componente variação do câmbio e ainda mais uma ou outra variável, como custo de transporte e logística, e está decretada o preço a ser pago/recebido pela oleaginosa. Os pregões acontecem simultaneamente na Internet, por meio de um programa chamado CME Globex, onde os corretores podem realizar as compras e vendas de mercadorias e contratos em mais de 85 países.

A Cbot foi fundada em 1848, e sua criação foi fundamental para o desenvolvimento e o profissionalismo da atividade de negociação de contratos futuros. Seu surgimento deu-se em razão da preocupação dos agricultores americanos em garantir a venda de seus produtos, assim como dos compradores em assegurar a disponibilidade dos mesmos produtos para industrializá-los – o que levou ao estabelecimento dos contratos futuros. Lá no começo, a Cbot negociava apenas commodities agrícolas – milho, soja e trigo. Aos poucos, novos contratos futuros de commodities agrícolas foram incorporados e, desde 1973, também estão em negociação contratos de ativos financeiros. Hoje a Cbot, que é um ponto turístico que atrai milhares de produtores do mundo todo, pertence ao CME Group.

Por aqui, a soja desfila à frente dos olhos de corretores, cerealistas e produtores via telas de micros da BM&FBovespa – onde também são negociadas ações de companhias, entre outros negócios. O mercado fu- Divulgação turo iniciou no Brasil 1917, quando foi criada a Bolsa de Mercadorias de São Paulo para a negociação de contratos futuros de algodão. Em 1991, a Bolsa de Mercadorias de São Paulo fez acordo com a Bolsa Mercantil & de Futuros, fundada em 1985 e que negociava contratos financeiros.

Em 1997, com a celebração de um acordo com a Bolsa Brasileira de Futuros (BBF), a BM&F consolidou-se como o principal centro de negociação de derivativos da América do Sul. Na BM&F Bovespa o contrato futuro de soja tem como objeto de negociação o preço de ajuste do minicontrato futuro de soja negociado na Cboat. Cada contrato futuro equivale a 450 sacas de 60 quilos ou 27 toneladas.