Cartas, Fax e E-Mails

HOMENAGEM D’A GRANJA AO COOPERATIVISMO

Parabenizo efusivamente a revistas A Granja pela nobre, digna e brilhante edição sobre o cooperativismo. Essa edição deveria ser impressa pelo sistema educacional brasileiro e entregue a todo o jovem como leitura fundamental, para construir o progresso com dignidade. Parabéns pela obra editorial. E parabenizo também os anunciantes presentes na edição. Sem dúvida, uma visão jornalística informativa que faria justiça a investimentos publicitários da totalidade do agronegócio nacional.

José Luiz Tejon

Coordenador do Núcleo de Agronegócio da ESPM, integrante do Conselho Científico para a Agricultura Sustentável, consultor da Associação Brasileira de Agronegócio e integrante do Conselho Permanente da Associação Brasileira de Marketing Rural


IRRIGAR É PRODUZIR MAIS E MELHOR

Não tenho dúvidas que o futuro da agricultura brasileira passa pela irrigação (Irrigar é produzir mais e melhor, reportagem de capa de dezembro). Não tem como abrir muito mais milhões e milhões de hectares como se fez nas últimas décadas na agricultura brasileira para se aumentar a produção. Então, a saída é produzir mais nas áreas já exploradas. E, para isso, a irrigação é uma mão na roda. Com água à vontade, dá para dobrar facilmente a produção de qualquer cultura e, principalmente, em qualquer lugar deste País. Então, irrigação tem que ser a prioridade de todos, desde o produtor até os governos.

Alan Vieira da Costa
Rio Verde/GO


IRRIGAR É PRODUZIR MAIS E MELHOR II

Se com a irrigação todos ganham, do produtor aos governos que arrecadam mais impostos, então a prioridade das autoridades deve ser criar condições para que a tecnologia da irrigação seja facilitada para os produtores. A começar pela facilitação na concessão de outorgas e licenças ambientais. Não dá para uma solicitação de uso da água ficar transitando durante meses até anos em escritórios. O negócio tem que ser mais rápido e facilitado. Sem contar que é preciso ter linhas de financiamento acessíveis, tanto em juros quanto em volume de recursos. Essas são minhas opiniões.

Jaime de Albuquerque
Campo Verde/MT