História

 

De ROCHDALE, a ideia ganhou o mundo

A primeira cooperativa do planeta foi fundada por 28 tecelões em um bairro de Manchester, Inglaterra

Bairro de Rochdale, cidade de Manchester, Inglaterra, 21 de dezembro de 1844. Uma libra para cada um dos 28 participantes. Essas são as primeiras movimentações de um sistema econômico que depois ganhou o mundo. A descrição é da primeira cooperativa “oficial”, fundada por 27 tecelões e uma tecelã, e o valor era a colaboração mensal dos participantes durante um ano para a economia da instituição.

“Tendo o homem como principal finalidade e não o lucro, os tecelões de Rochdale buscavam naquele momento uma alternativa econômica para atuarem no mercado, frente ao capitalismo que os submetia a preços abusivos e do desemprego crescente advindo da revolução industrial”, descreve texto sobre a fundação da cooperativa no Wikipédia, cuja referência foi John K. Walton, que escreveu o livro “Co-operative movement”, que está no livro The Oxford Companion to British History.

O prédio da Caixa Rural que abrigou a primeira sede própria da Sicredi Pioneira RS, em Nova Petrópolis, de 1954 a 1967, tornou-se um imponente símbolo do cooperativismo

A proposta da fundação da chamada “Sociedade dos Probos Pioneiros de Rochdale” era estabelecer uma alternativa econômica para eles atuarem no mercado, então tido como ganancioso e com preços abusivos, com exploração da jornada de trabalho de até 16 horas diárias, inclusive de mulheres e crianças – e muito desemprego. A partir da união, o grupo conseguiu mudar seu padrão econômico, apesar de inicialmente serem alvos de muitas críticas e até ironias dos “concorrentes” comerciantes. Em um ano, a Cooperativa de Consumo de Rochdale já tinha a adesão total de 74 sócios, e o capital tinha sido expandido para 180 libras.

Em 1847, a instituição passou a vender tecidos e alimentos, e três anos depois comprou um moinho para reduzir o preço da farinha, além de arrendar um grande armazém e abrir três filiais no mesmo bairro. E já eram 400 sócios em 1855. Em uma década, o chamado “Armazém de Rochdale” era mantido por 1.400 coope- Sicredi Pioneira RS rados. Assim, a primeira cooperativa do mundo passou a ser referência para outras iniciativas. Em 1881, 37 anos depois do começo, na Inglaterra já existiam mil cooperativas e 500 mil cooperados. “O cooperativismo evoluiu e conquistou um espaço próprio, definido por uma nova forma de pensar o homem, o trabalho e o desenvolvimento social. Por sua forma igualitária e social o cooperativismo é aceito por todos os governos e reconhecido como fórmula democrática para a solução de problemas socioeconômicos. Normas rochdaleanas são regras originadas do estatuto da primeira cooperativa criada no século XIX”, define John K. Walton.

O primeiro registro de cooperativismo no Brasil é de 1847, quando o médico francês Jean Maurice Faivre fundou, juntamente com um grupo de franceses, a colônia Tereza Cristina, nos Campos Gerais do Paraná, organizada a partir de bases cooperativas. Não durou muito, visto que os agricultores não se adaptaram ao sistema e abandonaram as terras. E a chamada “cultura da cooperação” teve outras iniciativas com a colonização portuguesa, que foi quase interrompida durante a época da escravidão, mas que emergiu no final do século XIX com o Movimento Cooperativista Brasileiro a partir de iniciativas de funcionários públicos, militares, profissionais liberais e operários. A primeira cooperativa de consumo desse movimento que se tem conhecimento ocorreu em Ouro Preto/MG, em 1889, chamada de Sociedade Cooperativa Econômica dos Funcionários Públicos de Ouro Preto, que depois se expandiu para Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.

Nova Petrópolis, nasce o cooperativismo de crédito — Já em 1902 nasceu o cooperativismo de crédito, no Rio Grande do Sul, a partir da visão do padre suíço Theodor Amstad. Em 28 de dezembro daquele ano, na Linha Imperial, em Nova Petrópolis, município gaúcho colonizado por alemães, ele fundou o modelo cooperativo que deu origem ao Sistema Sicredi, primeira cooperativa de crédito do Brasil e que existe até hoje. Quatro anos depois começam a funcionar as cooperativas no meio rural a partir dos agricultores.