Frísia

 

FRÍSIA, nove décadas de apoio ao produtor

A cooperativa de Carambeí/PR, que se chamava Batavo, foi fundada por sete imigrantes holandeses

Frísia
Sede: Carambeí/PR
Principais produtos: soja, milho, trigo, feijão, leite, carnes, industrializados
Faturamento: R$ 1,9 bilhão em 2015
Associados: 840

Criada em 1925 por sete sócios de origem holandesa, a Frísia Cooperativa Agroindustrial (de nome Batavo até o ano passado) atua no mercado do agronegócio há 90 anos. A cooperativa de produção mais antiga do Paraná está em uma região considerada polo da agricultura e pecuária, em Carambeí. “Como uma das mais antigas cooperativas do País, podemos dizer que temos vários e importantes legados para o agronegócio nacional, grande parte deles deixados por aqueles imigrantes holandeses que iniciaram a colonização e que fizeram da cooperação mais que uma sobrevivência econômica em uma nova nação”, ressalta o presidente da Frísia, Renato Greidanus.

Com gestão inovadora, a Frísia atua no mercado agrícola produzindo sementes e comercializando mais de 800 mil toneladas de grãos ao ano, produzidos em mais de 130 mil hectares. Na pecuária são mais de 150 milhões de litros de leite anuais industrializados em planta automatizada, enquanto em suínos são mais de 11 mil toneladas/ ano. A Frísia consolidou ao longo do tempo o compromisso de qualidade e credibilidade junto a seus cooperados, pois presta serviços de assessoria técnica agropecuária nas propriedades, e fornece melhores condições para a produção dos cooperados ao disponibilizar lojas de insumos e medicamentos veterinários, postos de combustíveis, sementes e rações.

“Mesmo tendo a inovação como nossa marca, presente em todos os nossos processos, nunca deixamos de lado este importante valor trazido para a filosofia da cooperativa, de que ‘nenhum de nós é tão bom quanto todos nós juntos’”, destaca Greidanus. “E nossa receita de sucesso é simples, mas muito forte: temos como alicerces a religião, a educação e o cooperativismo. Isso faz com que enfrentemos os obstáculos sempre com muita fé, profissionalização e trabalho conjunto, tendo como base a união, a qual norteia nossas ações”, acrescenta. A cooperativa é mantida por 850 associados e 900 colaboradores, e fatura R$ 1,9 bilhão ao ano, e tem patrimônio líquido de mais de R$ 600 milhões.

“E nossa receita de sucesso é simples, mas muito forte: temos como alicerces a religião, a educação e o cooperativismo”, revela o presidente da Frísia, Renato Greidanus

Através de alianças estratégicas, as cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal atuam no mercado do agronegócio com industrialização conjunta de leite, trigo e carnes, pelas marcas Colônia Holandesa, Herança Holandesa e Alegra. Com geração de aproximadamente 2 mil empregos e investimentos de R$ 660 milhões, as unidades de negócio trazem mais renda às regiões, com plantas já em produção, como moinho de trigo, unidades de beneficiamento de leite e a unidade industrial de carnes. Além de promover um dos princípios do cooperativismo, operando juntas, as cooperativas ganham escala de produção e força nos mercados regionais, nacionais e internacionais. Todas investem em altas tecnologias para otimizar a produção e atender as demandas e o bem-estar do consumidor.