Vitrine

AS POTENCIALIDADES INFINITAS DO CONTROLE BIOLÓGICO

O produtor normalmente fica apavorado ao dar de cara com um inseto em meio à sua lavoura. Mas caso ele se deparar com esta simpática joaninha da foto nesta página, um inseto da ordem dos coleópteros da família Coccinellidae, não precisa ficar preocupado. Pelo contrário. Agradeça a presença dela, pois certamente ela está colaborando na sanidade da lavoura como predadora de pulgões ou cochonilhas. A ação de joaninhas e de outros predadores e parasitoides de pragas, assim como de inseticidas fabricados a partir de vírus, fungos e bactérias naturais, os chamados bioinceticidas, que combatem - com eficiência, registra-se – pragas e doenças das lavouras são o tema da nossa reportagem de capa. Afinal, o controle biológico tem crescido a taxas de 10% a 15% ao ano, e poderá representar até 15% do mercado fitossanitário brasileiro em 2020. Mas são muitos os desafios para esta tecnologia se consolidar de vez nas nossas lavouras.

O que aparece muito nas lavouras brasileiras são animais silvestres. Ao contrário do que muitos pregam, eles seguem preservados em seus habitats naturais. Por isso, lançamos uma campanha via nossas redes sócias, a Fauna no Campo. Se você fez ou tem a possibilidade de fazer fotos ou vídeos de animais silvestres, compartilhe com os leitores d’A Granja. Envie por meio de #faunanocampo no Facebook, pelo email faunanocampo@agranja.com ou ao acessar www.agranja.com. Vamos compartilhar sua imagem com muitos. Quer saber mais, veja nas páginas 22 e 23.

A edição está repleta de outros assuntos interessantes, como reportagem sobre as boas perspectivas para o azeite de oliva Made in Brazil e uma entrevista em O Segredo de Quem Faz com um jovem paranaense de 25 anos que conseguiu colher quase 150 sacas de soja por hectare. Claro, era uma lavoura pequena, preparada para concurso, mas Marcos Seitz, o vencedor do Desafio Nacional de Máxima Produtividade de Soja, promovido pelo Comitê Estratégico Soja Brasil (Cesb), tem muito a revelar.

E tem muito mais! Boa leitura!

Vitrine