Unipasto firma acordo que permitirá rastreabilidade de sementes forrageiras

A Associação para o Fomento à Pesquisa de Melhoramento de Sementes Forrageiras (Unipasto) oficializou, em Brasília/DF, a Plataforma para Rastreabilidade Segura de Sementes que tem como objetivo identificar as sementes forrageiras oriundas da parceria Embrapa e Unipasto produzidas dentro do sistema nacional de sementes e mudas, através de uma etiqueta de segurança impressa, personalizada sob solicitação. A responsável pela operação da plataforma, inédita no país, é a empresa CEPTIS Agro.
As etiquetas de segurança, portam dispositivos de segurança material, gráfica e digital, e serão aplicadas na embalagem pelos associados UNIPASTO OURO, permitindo que os agropecuaristas diferenciem as sementes dos associados UNIPASTO das sementes piratas. Tais etiquetas possuem oito características de segurança sendo algumas visíveis a olho nu, e um código único rastreável, que poderá ser utilizado por toda cadeia de valor.
Para Pierre Marie Patriat (foto), presidente da Unipasto, a implementação da plataforma para rastreabilidade é um importante passo no combate à pirataria. “As sementes forrageiras tropicais representam aproximadamente 20% do mercado formal de sementes do Brasil, o que é extremamente significativo. Porém, estima-se que a participação dos materiais “piratas” neste segmento possa chegar a 30%. Com a tecnologia, os associados recuperarão receitas perdidas e a UNIPASTO, terá um incremento das receitas para investir em pesquisa e tecnologias para o país.”, analisou Pierre.

Data: 07/12/2017
Fonte: Unipasto

Últimas notícias