Nove mil cabeças de gado brasileiro estão sob risco no Iraque

Chegou ao conhecimento da ONG brasileira Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, através de seu parceiro internacional, a Animals International, que um navio com 9000 bovinos brasileiros foi impedido por seis dias de liberar a sua carga no país de destino, Iraque, devido à acusação de extorsão que teria sido praticada pela Embaixada do Iraque no Brasil contra empresa importadora dos animais.
De acordo com Luis Carlos Sarmiento, Diretor para América Latina da Animals International, o navio Nabolsi, da empresa Sahab Shipping Company, saiu da cidade de Vila do Conde, no estado do Pará, no último dia 6 de outubro e chegou na cidade de Umm Qasr no dia 2 de novembro onde permaneceu, até o dia 8, com sua carga viva embarcada.
Autoridade Geral de Alfândega iraquiana revelou que os relatórios da Comissão de Integridade subsidiaram a decisão da Côrte de Inquérito na área de Safwan de impedir o desembarque dadas as ilegalidades identificadas no processo de importação. Os animais já desembarcaram, mas ainda não foram liberados e permanecem em risco, totalmente vulneráveis às condições adversas, como limitação de espaço, fome, sede, estresse e falta de acompanhamento veterinário.

Data: 10/11/2017
Fonte: Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal

Últimas notícias