O Confinador

CONFINAMENTO SEM VOLUMOSO

Grão inteiro é uma excelente estratégia para melhorar a produtividade e a rentabilidade de sua fazenda

Ronaldo Guimarães Lobo*

O confinamento com grão inteiro ou confinamento sem volumoso é uma forma de engorda que vem ganhando muitos adeptos a cada ano, não só por sua praticidade e simplicidade, mas, principalmente, pelos resultados obtidos.

Esse sistema de engorda de animais está fazendo parte essencial das estratégias de uma fazenda. Isso porque a pressão por produtividade nas fazendas vem aumentando, um caminho sem volta para o produtor.

Ou se é eficiente na pecuária ou se sai do ramo, para dar espaço à cana-de-açúcar, lavouras etc. Atento à tendência, o mercado de nutrição animal vem trabalhando com pesquisas e desenvolvimento, tentando ajudar o pecuarista a fazer da fazenda uma empresa sustentável e lucrativa.

Hoje, existe a opção de concentrado com forma física peletizada, formulado com proteínas de alta digestibilidade, minerais, vitaminas e aditivos que conferem segurança alimentar e excelente desempenho.

O produtor mistura 15% desse concentrado com 85% de milho grão inteiro fornecendo, em média, de 2,3 a 2,5% do peso vivo do animal.

São vários pontos positivos que estão fazendo essa dieta cada vez mais presente nas fazendas, sejam eles de aptidão para corte e até mesmo nas produtoras de leite.

Fazendas leiteiras

No caso dos bezerros machos que têm pouco valor comercial, consegue-se engordá- los a partir dos 80 dias de idade, levando de 12 a 13 meses para que atinjam peso de 14 ou15@.

Basta respeitar o protocolo que começa no nascimento, no qual após a ingestão do colostro, os bezerros terão acesso a quatro litros de leite ao dia, divididos em duas mamadas, e o fornecimento à vontade de ração específica para bezerros.

É preciso deixar água limpa disponív...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!