Falou

Parabéns, Matsuda!

Celebrando 70 anos de história em prol do agronegócio, o presidente Jorge Matsuda recorda como a empresa conquistou o reconhecimento dos produtores brasileiros

Falou

“A Matsuda é líder do setor de sementes para pastagens no Brasil, e está presente em mais de 23 países, entre as Américas do Sul e Central, Europa e Ásia”

Revista AG – A Matsuda completa 70 anos de atividades em 2018. Resumidamente, quando e como começou essa linda história?

Jorge Matsuda – A história do Grupo Matsuda começou com a imigração de um jovem japonês, Shichiro Matsuda, que desembarcou no porto de Santos em 1934, aos 14 anos de idade. Como tantos outros imigrantes japoneses, o sr. Shichiro veio ao Brasil à procura de trabalho, de sonhos e um futuro melhor. De Santos/SP, foi para o interior paulista, onde trabalhou na lavoura, principalmente de café, algodão, amendoim e feijão, durante vários anos, até chegar a Álvares Machado. Nessa cidade, começou a ser edificado o Grupo Matsuda, iniciando com um modesto armazém cerealista, em 1948. Esse pequeno negócio prosperou, chegando a exportar amendoim para o Japão. Com a necessidade de sementes de qualidade para o estabelecimento de pastagem na própria fazenda, iniciaram-se as atividades nesse ramo. A empresa cresceu e mudou de atividades com o lançamento do brizantão, sendo uma das que mais comercializou sementes dessa nova cultivar no Brasil.

Revista AG – E quais os momentos que marcaram essa longa trajetória?

Jorge Matsuda – A vinda da família Sammi, como sócia da empresa, marcou de forma significativa o Grupo Matsuda. Os conhecimentos que tinha do mercado cerealista do Paraná fizeram com que a participação do Sr. Skio ...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!