Falou

Solução que vem do trigo

O mestre em Ciência Animal e zootecnista da Biotrigo Genética, Éderson Luis Henz, mostra o projeto voltado exclusivamente à alimentação animal

Falou

“A cultivar TBIO Energia I tem ciclo mais curto; não possui aristas – por isso não fere o trato digestivo; possui uma boa produção de biomassa e qualidade nutricional”

Revista AG – A empresa criou uma variedade de trigo sem aristas para alimentação animal. Como foi o processo para chegar a esse resultado?

Éderson Henz – Bons produtos surgem a partir de duas premissas: ouvir os clientes e tecnologia, e foi a partir de uma conversa com um agricultor do interior do Rio Grande do Sul que surgiu o TBIO Energia I. A queixa dele era de não existir uma cultivar específica para silagem durante o inverno. A partir desse momento, a empresa voltou as pesquisas de melhoramento genético para desenvolver uma cultivar de trigo que atendesse os produtores de gado, tanto de corte como de leite. Trigos de duplo propósito já existiam no mercado, porém, com ciclos muito longos e muito suscetíveis a doenças e ao acamamento. E, assim, o foco das pesquisas foi direcionado para resolver esses problemas e ainda ampliar os aspectos bromatológicos/nutricionais. A cultivar TBIO Energia I tem ciclo mais curto, não possui aristas – por isso não fere o trato digestivo; possui uma boa produção de biomassa, qualidade nutricional e de fibra, bons aspectos fitossanitários e ainda é fácil condução da lavoura.

Revista AG – Qual o ganho de peso do rebanho bovino proporcionado pela cultivar TBIO Energia I e o quanto ela supre os animais em proteína e energia?

Éderson – Os valores nutricionais, tanto em proteína (12%) quanto em energia (NDT 7...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!