Especial Tecnologia

Ajudante Pessoal

Especial

Pecuaristas estão percebendo que softwares e celulares com aplicativos de todo o tipo são um valoroso aliado na gestão da fazenda

Erick Henrique
erick@revistaag.com.br

É difícil falar em pecuária inteligente sem antes mencionarmos o fenômeno da transformação digital. Essa conversão está ocorrendo no mundo todo, impulsionada pelas tecnologias da informação (TI) que vêm alterando, claramente, a lógica dos negócios. Tamanha é a intensidade que esse foi o tema central, no último ano, do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. E a discussão ficou atrelada às oportunidades e aos riscos de tal transformação. Presente nesse evento, o presidente da Embrapa, Maurício Antônio Lopes, lembra que o CEO da Accenture, consultoria de TI, disse que a transformação digital é a principal razão porque mais da metade das empresas que figuravam na Fortune 500 (revista que elege as maiores companhias do mundo) desapareceram do mercado na última década.

“Já estamos experimentando há mais de dez anos uma mudança profunda na sociedade em função desse boom digital. Nesse desafio, as empresas e as instituições que não conseguiram entender o novo paradigma de desenvolvimento saíram do mercado. A razão de tudo isso é porque o avanço tecnológico transita em um ritmo alucinante enquanto a mudança na sociedade, na política e nos negócios segue um ritmo linear. Aí está o perigo. De fato, as pessoas, bem como as instituições, têm seu tempo para iniciar uma mudança, porém, o avanço tecnológico não respeita a lógica”, destaca o presidente da Embrapa.

Na análise do dirigente, tudo o que está acontecendo vai, inexoravelmente, causar impacto em todos os ramos da agropecuária. “Essa revolução já ocorre no cotidiano das pesso...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!