Escolha do Leitor

NOVA CULTIVAR

Escolha

Azevém BRS Integração é destinada a produtores que adotam sistemas de integração lavoura-pecuária

Andréa Mittelmann, Carlos Eduardo da Silva Pedroso e Fernanda Bortolini*

O azevém (Lolium multiflorum) é uma espécie gramínea de inverno com alta produção de forragem, grande resistência ao pastejo e excelente capacidade de rebrote. A forragem produzida é de alta qualidade nutritiva devido, principalmente, a uma alta digestibilidade da matéria seca. Essa qualidade superior é fundamental para animais com elevadas necessidades nutricionais, como bovinos de leite.

A espécie é considerada bastante rústica, pois adapta-se a diferentes tipos de solo e é pouco exigente em relação ao pH mas, por outro lado, responde muito bem ao aumento dos níveis de adubação. Uma vez estabelecida, tolera tanto períodos de seca como de excesso hídrico.

Quanto à utilização, também é bastante flexível: permite consórcios com diversas espécies de inverno e pode ser semeada sobre áreas com pastagens de verão, sejam elas nativas, como no Bioma Pampa, contribuindo para sua preservação, ou cultivadas.

Por todas essas características, o azevém é amplamente utilizado na Região Sul do Brasil.

MELHORAMENTO

Apesar da importância da espécie, por muito tempo o Brasil dependeu de sementes sem procedência genética, ou da importação. O Programa de Melhoramento de Azevém da Embrapa iniciou em 2002 e em 2007 lançou sua primeira cultivar, BRS Ponteio, a qual visava atender principalmente à demanda por cultivares que permitissem maior período de utilização. A cultivar teve grande aceitação e possui hoje uma excelente fatia do mercado, representando mais de 60% das sementes de azevém produzidas no Brasil. Entr...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!