Caindo na Braquiária

Grão inteiro

Caindo

Havíamos chegado há um tempinho na fazenda do Renato, propriedade localizada próximo ao município de Coxim, no Mato Grosso do Sul, que trabalha com o ciclo completo na pecuária de corte. Nosso intento era ver bezerros e bois oriundos da genética Angus e Brangus americana por nós indicada, além de conhecer o sistema de confinamento usando somente grão inteiro de milho juntamente a um núcleo peletizado.

Enquanto nos deliciávamos com doces jaboticabas colhidas nas frondosas árvores do pomar, avistamos no horizonte o avião do Renato, pilotado por ele mesmo, fazendo a aproximação, culminando em um pouso suave a fim de nos encontrar. Sempre muito educado, Renato não esconde o prazer que tem de nos apresentar sua genética, tanto na forma de bezerros quanto como bois no confinamento.

O rebanho dessa fazenda é constituído por um número próximo a 5.000 matrizes, sendo uma pequena parte de vacas Branel (Brahman x Nelore) e sua grande maioria de ventres cruzadas (filhas de Braford x ½ Angus, filhas de Bonsmara x ½ Angus). As raças escolhidas para uso nessas matrizes foram o Angus, cujo sêmen fora utilizado nas fêmeas Branel, e o Brangus, em que o sêmen vem sendo usado nas matrizes cruzadas.

Usando sêmen de Angus e Brangus, a fazenda produz filhos muito padronizados em pelagem e conformação, com influência de sangue Angus, podendo, assim, ser premiados no programa de carne da raça, com bonificações que chegam a 4% no macho Angus e preço de macho pago pelas fêmeas jovens cruzadas Angus.

Tão logo chegamos no curral, nos deparamos com uma bezerrada preta de 40 dias de idade média, sendo brincadas para futura identificação. Foi missão difícil saber quem era filho de Angus ou Brangus, pois a genética Angus e Brangus americana tem uma consistência ...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!