Falou

"GERAR" resultados

Falou

O coordenador de Serviços Técnicos-Bovinos da Zoetis, Izaias Claro Junior, apresenta a proposta do Grupo Especializado em Reprodução Aplicada ao Rebanho (Gerar)

"Já na próxima estação de monta, esperamos ultrapassar um milhão de dados recebidos de IAFF e TETF em um úncio ano"

Revista AG - O Gerar completou dez anos. Qual balanço a empresa faz desse período?

Izaías Junior - Com a inclusão dos números da última estação de monta (2015/2016), somente o Gerar Corte contabiliza um banco de dados com mais de três milhões de protocolos de IATF/TETF coletados pelos técnicos ao longo de uma década. No total, o Gerar contabilizou 824.486 inseminações artificiais em tempo fixo (IATF) na última estação de monta, realizadas em 1.234 propriedades de todas as regiões do Brasil, além de Paraguai, Bolívia e Uruguai. Esse montante de IATF representou um crescimento de quase 21% sobre os dados de inseminações recebidos pelo grupo na estação de monta anterior (682.656). Considerando o número geral de inseminações, a taxa de prenhez média na estação de monta 2015/2016 alcançou 51,6%, perfazendo um total de 425.619 vacas gestantes. Em transferência de embrião em tempo fixo (TETF), o Gerar registrou o envio de 19.558 protocolos na última estação, total cinco vezes superior aos dados computados na temporada anterior. A soma dos dados de IATF e TETF resultou em 844.044 sincronizações contabilizadas na estação de monta 2015/2016.

Revista AG - É possível então dizer que o programa ajudou a colaborar com o avanço da IATF no Brasil, afinal, o que não é medido não é melhorado?

Izaías Junior - Com certeza. O Gerar foi criado em 2006 e com...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!