Do Pasto ao Prato

 

Sêmen para IATF? Lembre-se do “Efeito Touro”!

Fernando Velloso é médico-veterinário e sócio-proprietário da Assessoria Agropecuária FF Velloso & Dimas Rocha – www.assessoriaagropecuaria.com.br –

A técnica de Inseminação Artificial à Tempo Fixo (IATF) revolucionou o uso da inseminação no Brasil e hoje é responsável pela grande maioria das vacas de corte inseminadas no país. Pois bem, existem importantes variações nos resultados dos programas de inseminação em função dos touros e se faz necessário identificar os reprodutores com melhores resultados de prenhez nos protocolos de IATF. Chama-se de “efeito touro”, ou seja, o quanto da variação da taxa de prenhez é consequência específica do uso do touro A ou B. O levantamento de dados de campo e o uso da estatística (bioestatística) para este fim iniciou com o gado de leite e hoje já é realidade no gado de corte.

Várias empresas estão dedicadas a compreender melhor o assunto, identificar os melhores reprodutores para IATF e informar o mercado quem são estes animais. Não é possível ainda identificar estes reprodutores superiores em concepção através de testes seminais e, assim, é necessária a coleta de dados de campo.

No segmento das centrais de inseminação a empresa ABS Pecplan iniciou este movimento no Brasil. A central tem o Grupo IATF faz 8 anos, com mais de 70 veterinários de todo o Brasil, e hoje são mais de 700 mil dados validados de touros ABS. Os resultados classificam os touros com diferentes selos em cinco diferentes níveis conforme: taxa de prenhez (acima de 52, 53, 54%), número de IATF (desde 1.000 até mais de 10.000) e número de rebanhos (mais de 5, 8, 10, 20 ou 30). Desta forma, a empresa testa touros na...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!


Warning: getimagesize(/revistas/ag/imagens/id_428/do+pasto+ao+prato_2.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/a/fb/47/edcentaurus/public_html/edcentaurus/application/controllers/AgController.php on line 441